0 Compartilhamentos 173 Views

Quatro alternativas gratuitas ao Live Photo do iPhone

A Apple meio que surpreendeu todo mundo ao apresentar o recurso de Live Photos para o  iPhone 6S e 6S Plus no ano passado. E, até o momento, o recurso é “exclusivo” dos dispositivos, o que pode gerar uma certa frustração para quem não possui um dos smartphones da empresa.

Mas, afinal, o que são Live Photos? São imagens que se movem por alguns segundos e permitem capturar um momento mais longo ao invés de uma pose estática. Segundo a Apple, o aparelho grava 1,5 segundos da cena antes e depois da foto ser tirada e converte tudo para o formato.

Vamos combinar: são GIFs animados. Ou clipes de vídeo.

Se você achou essa funcionalidade interessante e gostaria de tê-la agora em seu aparelho, iOS, Android ou até Windows Phone, saiba que existem soluções muito similares e gratuitas disponíveis no mercado. Trazemos aqui quatro alternativas para você desfrutar das tais “fotos vivas” e ainda outras sugestões que realizam o mesmo trabalho.

1) GifBoom (Android | iOS)

gifboom

Uma vez que a novidade da Apple é muito similar a um GIF animado em loop, existem miríades de aplicativos para Android e iOS que permitem que você crie GIFs a partir de sua biblioteca de fotos. Uma das melhores opções é o GifBoom, que possibilita a criação de GIFs de até 60 segundos (20 vezes maiores que as Live Photos do iPhone…). Com o aplicativo, você pode utilizar fotos que você tirou anteriormente ou criar o GIF em tempo real a partir da sua câmera. O resultado pode ser compartilhado em outras redes sociais ou na rede própria do aplicativo.

GifBoom está disponível de graça para iPhones e dispositivos Android.

Uma opção para o GifBoom seria o Giphy.com, uma ferramenta web também gratuita e fácil de usar que permite que você pesquise em um gigantesco acervo de imagens mas também crie seus próprios GIFs.

Outra boa opção para o pessoal que usa Windows Phone é o aplicativo de criação de GIFs animados Moquu.

2) Fyuse (Android | iOS)

Fyuse se auto-descreve como um aplicativo de “fotografia espacial”. Não porque ele permita tirar fotos do espaço sideral, mas porque ele permite aos usuários capturar e compartilhar imagens animadas panorâmicas do espaço físico em que se encontram, inclusive selfies e imagens em 360º para dispositivos de Realidade Virtual. A cena se move na medida em que você gira o aparelho.

Com o Fyuse, as imagens também podem ser compartilhadas com os amigos no Facebook ou Twitter, além de outros usuários da rede social interna do próprio Fyuse.

O Fyuse está disponível de graça para iPhones e dispositivos Android.

Uma sugestão similar para a plataforma Android seria o Phogy, um aplicativo que também permite registrar fotos animadas que se movem quando o giroscópio do aparelho é acionado.

3) Vine (Android | iOS | Windows Phone)

Vamos dar crédito a quem merece: o Vine veio muito antes que o Live Photo. Para quem não conhece, o Vine é um aplicativo de compartilhamento de vídeo e rede social criado pelo Twitter. Ele permite que seus usuários gravem clipes de vídeos curtos em loop de até 6 segundos de duração.

Aqui, a câmera apenas grava enquanto a tela está sendo tocada. Esse diferencial permite que, sem nenhum aplicativo adicional, o usuário possa com um único dedo fazer uma edição rápida de suas filmagens em tempo real, crie efeitos de movimento e até ilusões de ótica. Basta saber usar.

Os clipes de vídeo, batizados de Vines podem ser compartilhados com outras pessoas no Facebook, Twitter ou dentro do próprio aplicativo, onde também é possível comentar, curtir e repassar outros clipes.

O Vine está disponível de graça para iPhones, Windows Phones e aparelhos Android.

4) Instagram (Android | iOS | Windows Phone)

E já que estamos falando de aplicativos de redes sociais que já são consagradas e que criam clipes de vídeo em loop, outra ótima opção é o Instagram, a rede de compartilhamento de fotos (e  vídeos) de propriedade do Facebook. A introdução de vídeos no Instagram aconteceu em 2013, pouco depois do surgimento do Vine, e hoje faz parte da estratégia global a longo prazo do Facebook de migrar seu conteúdo para o formato.

O funcionamento do aplicativo é similar ao do Vine, mas também permite que você capture fotos além da opção de criar vídeos de até 15 segundos de duração. Existe também a funcionalidade de de se aplicar filtros para sua imagem ou vídeo para criar um visual único. O resultado final, seja foto ou clipe de vídeo, pode ser compartilhado no Facebook, no Twitter ou com outros usuários do próprio Instagram.

O Instagram está disponível de graça para iPhones e dispositivos Android. Até recentemente o aplicativo estava disponível para Windows Phone, mas ainda não trazia a opção de produzir e compartilhar vídeos. A nova versão do Instagram para a plataforma trouxe a funcionalidade também para o Windows Phone.

Você pode se interessar

5 fatos que todo departamento de TI pode aprender com Fortnite
Artigos
7 visualizações
Artigos
7 visualizações

5 fatos que todo departamento de TI pode aprender com Fortnite

Carlos L. A. da Silva - 1 de julho de 2019

O Departamento de TI de uma empresa não é apenas um lugar onde os caras jogam Fortnite o dia inteiro. Grandes desastres podem vir de lá também...

Promoções de Jogos do Final de Semana (28/06)
Notícias
8 visualizações
Notícias
8 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (28/06)

Carlos L. A. da Silva - 28 de junho de 2019

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

FIREBASE Database na Prática com JAVASCRIPT PURO // Mão no Código #14
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,806 visualizações
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,806 visualizações

FIREBASE Database na Prática com JAVASCRIPT PURO // Mão no Código #14

Thais Cardoso de Mello - 27 de junho de 2019

Vamos mostrar na prática pra vocês como é SIMPLES DEMAIS manipular o Realtime Database (noSQL) do Firebase usando JavaScript puro e o SDK "marrrravilhoso" que o pessoal do Google Cloud criou.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Como baixar o novo Windows Terminal
Dicas
18 visualizações
18 visualizações

Como baixar o novo Windows Terminal

Carlos L. A. da Silva - 26 de junho de 2019
Libra: o que sabemos sobre a criptomoeda do Facebook
Artigos
12 visualizações
12 visualizações

Libra: o que sabemos sobre a criptomoeda do Facebook

Carlos L. A. da Silva - 25 de junho de 2019
WebAssembly // Dicionário do Programador
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,810 visualizações
1,655 compartilhamentos6,810 visualizações

WebAssembly // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 24 de junho de 2019
Promoções de Jogos do Final de Semana (21/06)
Notícias
10 visualizações
10 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (21/06)

Carlos L. A. da Silva - 21 de junho de 2019