0 Compartilhamentos 240 Views

Como visualizar os dados que o Windows 10 envia para a Microsoft

Privacidade parece estar entrando na lista de preocupações dos consumidores e a Microsoft vem lutando para reverter a má impressão causada pelo Windows 10 em seu lançamento em relação a essa questão.

Desde a atualização de Abril de 2018, o sistema operacional está mais transparente sobre os dados que coleta e traz inda mais opções para controlar e até apagar essas informações dos servidores da Microsoft.

Agora, é possível visualizar os dados de diagnósticos e de telemetria do Windows 10, desde que o usuário ative esse recurso. Por padrão, a funcionalidade é desativada e os dados não são armazenados localmente. Para habilitar essa visualização, é necessário ir em Configurações | Privacidade | Comentários e Diagnósticos e certifique-se de que a configuração do Visualizador de dados de diagnóstico esteja Ativada.

Para conferir as informações, basta clicar no Visualizador de Dados de Diagnóstico. No primeiro uso, serão solicitados o download e a instalação do programa Diagnostic Data Viewer. Depois de instalado, você poderá visualizar os dados fazendo o mesmo caminho de antes ou indo direto no atalho do programa no menu Iniciar.

Quem esperava encontrar dados comprometedores coletados pela Microsoft irá se decepcionar com as informações expostas pelo visualizador. São em sua grande maioria dados técnicos de funcionamento ou códigos de erro, em um formato nem um pouco amigável:

Se você não planeja verificar essas informações constantemente ou não tem o conhecimento necessário para debugar os relatórios, pode ser melhor manter a funcionalidade desligada e liberar 1GB de espaço no disco rígido.

Por outro lado, se sua preocupação com a privacidade é maior, existe uma opção bastante prática logo abaixo desse recurso: apagar todas as informações sobre o seu computador dos servidores da Microsoft. Seguindo Configurações | Privacidade | Comentários e Diagnósticos, na área Excluir dados de diagnóstico, basta apertar o botão Excluir para realizar essa tarefa.

Você pode se interessar

5 fatos que todo departamento de TI pode aprender com Fortnite
Artigos
7 visualizações
Artigos
7 visualizações

5 fatos que todo departamento de TI pode aprender com Fortnite

Carlos L. A. da Silva - 1 de julho de 2019

O Departamento de TI de uma empresa não é apenas um lugar onde os caras jogam Fortnite o dia inteiro. Grandes desastres podem vir de lá também...

Promoções de Jogos do Final de Semana (28/06)
Notícias
8 visualizações
Notícias
8 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (28/06)

Carlos L. A. da Silva - 28 de junho de 2019

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

FIREBASE Database na Prática com JAVASCRIPT PURO // Mão no Código #14
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,806 visualizações
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,806 visualizações

FIREBASE Database na Prática com JAVASCRIPT PURO // Mão no Código #14

Thais Cardoso de Mello - 27 de junho de 2019

Vamos mostrar na prática pra vocês como é SIMPLES DEMAIS manipular o Realtime Database (noSQL) do Firebase usando JavaScript puro e o SDK "marrrravilhoso" que o pessoal do Google Cloud criou.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Como baixar o novo Windows Terminal
Dicas
18 visualizações
18 visualizações

Como baixar o novo Windows Terminal

Carlos L. A. da Silva - 26 de junho de 2019
Libra: o que sabemos sobre a criptomoeda do Facebook
Artigos
12 visualizações
12 visualizações

Libra: o que sabemos sobre a criptomoeda do Facebook

Carlos L. A. da Silva - 25 de junho de 2019
WebAssembly // Dicionário do Programador
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,810 visualizações
1,655 compartilhamentos6,810 visualizações

WebAssembly // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 24 de junho de 2019
Promoções de Jogos do Final de Semana (21/06)
Notícias
10 visualizações
10 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (21/06)

Carlos L. A. da Silva - 21 de junho de 2019