0 Compartilhamentos 537 Views

32 milhões de credenciais do Twitter estão à venda no mercado negro

O mesmo responsável pelo vazamento maciço do VK.com, colocou à venda no mercado negro um banco de dados contendo mais de 32 milhões de credenciais de acesso ao Twitter.

A rede social se defende e alega que não houve vazamentos e que os logins e senhas disponíveis no lote comercializado foram coletados diretamente dos usuários através de malware.

O hacker identificado como Tessa88 também teria ligações com os grupos responsáveis pelos vazamentos recentes do LinkedIn, Tumblr e MySpace. Inicialmente, o cibercriminoso alegou possuir dados de 379 milhões de contas do Twitter, datando do início de 2015. Como o número oficial de usuários registrados na rede social na época era de 310 milhões de usuários ativos, especulou-se que o banco de dados conteria realmente informações de todos que já passaram pelo Twitter, inclusive contas inativas.

Uma pesquisa realizada por especialistas de segurança que tiveram acesso ao lote oferecido por Tessa88 concluiu que a maior parte das entradas são repetidas mais de uma vez para inflar o volume e que, na verdade, a oferta abrange dados de “apenas” 32 milhões de contas de usuários. O hacker está vendendo o pacote completo por 10 bitcoins, o equivalente a quase 20 mil reais.

“Nós estamos seguros de que estes nomes de usuários e credenciais não foram obtidos por um vazamento de dados do Twitter – nossos sistemas não foram violados. Na verdade, nós estamos trabalhando para ajudar a manter as contas protegidos conferindo nossos dados contra aqueles que foram compartilhados de outros vazamentos recentes”, afirma o Twitter.

Especialistas independentes confirmaram a autenticidade de inúmeras amostras de credenciais que fazem parte do banco de dados negociado no mercado negro. Mas também corroboram a versão do Twitter e acreditam ser altamente improvável um acesso não-autorizado aos sistemas da rede social. O fato das senhas expostas estarem armazenadas em texto puro sugere que elas podem ter sido extraídas de navegadores em sistemas de usuários comprometidos pela ação de malwares.

Carregando...

Você pode se interessar

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
58 visualizações
Artigos
58 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021

O novo sistema operacional da Microsoft está entre nós, mas talvez não seja uma boa ideia pular de cabeça.

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)
Artigos
203 visualizações
Artigos
203 visualizações

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)

Carlos L. A. da Silva - 6 de outubro de 2021

V8 é o interpretador JavaScript, também chamado de máquina virtual Javascript, desenvolvido pela Google e utilizado em seu navegador Google Chrome. Com o peso de seus criadores e a quase onipresença do navegador, foi apenas uma questão de tempo para essa implementação do JavaScritp se tornar dominante no mercado. Entretanto, um bom desenvolvedor sabe que […]

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
384 visualizações
Artigos
384 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021

O inglês Clive Marles Sinclair nasceu de uma família de engenheiros. Seu avô foi engenheiro, assim como o seu pai. Com um talento natural pela Matemática e um forte interesse em eletrônica, ele se tornaria uma página importante da popularização da computação em diversas partes do mundo, construindo um legado que se perpetuará por anos […]

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
482 visualizações
482 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021
Top 25 comandos do Git
Artigos
617 visualizações
617 visualizações

Top 25 comandos do Git

Carlos L. A. da Silva - 28 de agosto de 2021
Dez anos de Kotlin: origens e futuro
Artigos
670 visualizações
670 visualizações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro

Carlos L. A. da Silva - 20 de agosto de 2021