0 Compartilhamentos 661 Views

Detalhes de um test drive com um carro do Google sem motorista

20 de agosto de 2014

O jornalista Paul Ingrassia, da Reuters, participou há alguns dias atrás de uma sessão de testes do Self-Driving Car, um veículo em desenvolvimento pelo Google que faz parte da divisão Google X, a qual está sob supervisão do próprio Sergey Brin, cofundador da empresa. Trata-se de um carro que dispensa motoristas.

Ingrassia, que permaneceu sentado no banco traseiro durante o test drive que durou 25 minutos, afirma que tudo transcorreu tranquilamente. Junto com ele no veículo, um Lexus RX 450h bastante modificado, claro, estavam também Brian Torcellini (uma espécie de chefe de testes), no banco do motorista, e Dmitri Dolgov (engenheiro de software), no banco ao lado do motorista.

Torcellini estava ali no banco do motorista apenas para assumir o controle manual caso algo desse errado, e Dolgov tinha em suas mãos um notebook conectado aos sistemas do carro. Diferentemente de outros test drives, este com o Self-Driving Car não envolveu altas velocidades nem nada do tipo. O “passeio” aconteceu nas ruas de Mountain View, cidade onde fica o quartel-general do Google.

Sensores e um carro autônomo evitando um acidente

O Self-Driving Car conta com um sensor em sua parte frontal, para evitar colisões, além de um cilindro giratório no teto que conta com lasers, câmeras, vários sensores e outros equipamentos de orientação e detecção. O “carro sem motorista” do Google é programado para permanecer dentro dos limites de velocidade durante a maior parte do tempo.

Mas ele também pode ultrapassar os limites em até 10 milhas por hora (ou 16 km/h), caso necessário. Por motivos de segurança, também. Durante os testes, houve apenas um “problema”. Na verdade, nem se trata de um problema, mas sim de um acontecimento inesperado que ajudou a tornar os testes e o desempenho do Self-Driving Car ainda mais notáveis.

Um carro à frente parecia estar prestes a virar à esquerda, e se isto ocorresse, ele viria de encontro ao Self-Driving Car. Mas o carro sem motorista detectou o possível perigo, acionou os freios e o motorista do carro que se aproximava rapidamente mudou de direção, eliminando o perigo. Bacana, não?

O Google não informou se já existe um plano de negócios para seu carro sem motorista, e Dolgov apenas diz que “sua missão é aperfeiçoar a tecnologia“. É claro que ainda existe um longo caminho até que máquinas como estas sejam colocadas à venda.

Google Lexus RX 450h Self-Driving Car

Ainda não se sabe, por exemplo, como lidar com possíveis acidentes envolvendo estes veículos autônomos. Quem será o culpado, ou os culpados? Os passageiros? O fabricante do veículo ou o responsável pelo software? E se o acidente envolver um carro com motorista e outro sem motorista? E se forem dois carros autônomos?

J. Christian Gerdes, de Stanford, ainda diz o seguinte:

O carro deveria tentar proteger seus ocupantes à custa de atingir pedestres?“?

Gerdes ainda levanta questões a respeito da aceitação de possíveis erros. Iremos aceitar os erros das máquinas, mesmo se elas errarem menos que os humanos? Mesmo se, errando menos, por exemplo, elas ainda assim causarem a morte de seres humanos?

Segundo um relatório do banco de investimentos Morgan Stanley do ano passado, carros como o Self-Driving Car do Google podem estar disponíveis no mercado até o final desta década. Mas esta foi apenas uma previsão, e nem o Google parece ter certeza a respeito.

A tecnologia e o próprio carro em si, entretanto, são bem interessantes, não? Veja o ótimo vídeo abaixo:

Carregando...

Você pode se interessar

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)
Artigos
158 visualizações
Artigos
158 visualizações

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)

Carlos L. A. da Silva - 6 de outubro de 2021

V8 é o interpretador JavaScript, também chamado de máquina virtual Javascript, desenvolvido pela Google e utilizado em seu navegador Google Chrome. Com o peso de seus criadores e a quase onipresença do navegador, foi apenas uma questão de tempo para essa implementação do JavaScritp se tornar dominante no mercado. Entretanto, um bom desenvolvedor sabe que […]

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
341 visualizações
Artigos
341 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021

O inglês Clive Marles Sinclair nasceu de uma família de engenheiros. Seu avô foi engenheiro, assim como o seu pai. Com um talento natural pela Matemática e um forte interesse em eletrônica, ele se tornaria uma página importante da popularização da computação em diversas partes do mundo, construindo um legado que se perpetuará por anos […]

A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
444 visualizações
Artigos
444 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021

Vacinas contra o coronavírus contam com aparato sofisticado de cibersegurança que bateu de frente com tentativa de ação de hackers.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Top 25 comandos do Git
Artigos
583 visualizações
583 visualizações

Top 25 comandos do Git

Carlos L. A. da Silva - 28 de agosto de 2021
Dez anos de Kotlin: origens e futuro
Artigos
629 visualizações
629 visualizações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro

Carlos L. A. da Silva - 20 de agosto de 2021
10 jogos que todo programador deveria conhecer
Artigos
997 visualizações
997 visualizações

10 jogos que todo programador deveria conhecer

Carlos L. A. da Silva - 1 de agosto de 2021