0 Compartilhamentos 583 Views

Ferramenta no Facebook verifica se usuários interagiram com propaganda russa na eleição de 2016 nos Estados Unidos

26 de dezembro de 2017

As polêmicas envolvendo as eleições de 2016 nos Estados Unidos, as quais terminaram elegendo o também polêmico Donald Trump, são inúmeras, e envolvem geralmente sempre a Rússia.

A Rússia e/ou empresas originárias do país também vêm se envolvendo em problemas com a terra do Tio Sam, e através dos links abaixo você pode conferir conteúdo relacionado, para relembrar, aqui mesmo no Código Fonte:

A Rússia, como sabemos, é acusada de tentar influenciar as eleições norte-americanas, inclusive através de anúncios e postagens diversas no Facebook. Com isto em mente, a rede social de Marck Zuckerberg lançou uma nova ferramenta, a qual permite que os usuários verifiquem se interagiram, em algum momento, com propaganda russa durante as eleições que elegeram Donald Trump.

A ferramenta, disponível apenas em inglês, permite que os usuários verifiquem se seguiram, comentaram ou deram likes em algum momento em páginas e contas controladas pelo governo russo ou pessoas a ele ligadas. Páginas e contas, claro, que publicaram conteúdo visando influenciar as eleições de 2016 nos EUA, valendo a pena lembrar que a ferramenta também funciona com o Instagram.

O Facebook estima que cerca de 140 milhões de usuários visualizaram propaganda russa em suas timelines durante as eleições, em 2016. Entretanto, nem todos estes serão capazes de fazer uso da ferramenta, uma vez que é preciso que tenha havido uma interação direta com contas ligadas ao Kremlin (seguir uma conta ou página, por exemplo). Ou seja, quem simplesmente visualizou propaganda na timeline apenas porque algum amigo deu um like não será beneficiado.

Carregando...

Você pode se interessar

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
101 visualizações
Artigos
101 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021

O novo sistema operacional da Microsoft está entre nós, mas talvez não seja uma boa ideia pular de cabeça.

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)
Artigos
231 visualizações
Artigos
231 visualizações

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)

Carlos L. A. da Silva - 6 de outubro de 2021

V8 é o interpretador JavaScript, também chamado de máquina virtual Javascript, desenvolvido pela Google e utilizado em seu navegador Google Chrome. Com o peso de seus criadores e a quase onipresença do navegador, foi apenas uma questão de tempo para essa implementação do JavaScritp se tornar dominante no mercado. Entretanto, um bom desenvolvedor sabe que […]

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
414 visualizações
Artigos
414 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021

O inglês Clive Marles Sinclair nasceu de uma família de engenheiros. Seu avô foi engenheiro, assim como o seu pai. Com um talento natural pela Matemática e um forte interesse em eletrônica, ele se tornaria uma página importante da popularização da computação em diversas partes do mundo, construindo um legado que se perpetuará por anos […]

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
510 visualizações
510 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021
Top 25 comandos do Git
Artigos
651 visualizações
651 visualizações

Top 25 comandos do Git

Carlos L. A. da Silva - 28 de agosto de 2021
Dez anos de Kotlin: origens e futuro
Artigos
703 visualizações
703 visualizações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro

Carlos L. A. da Silva - 20 de agosto de 2021