0 Compartilhamentos 509 Views

IBM prevê que, em cinco anos, computadores reproduzirão os sentidos humanos

17 de dezembro de 2012

IBM fez previsões de tecnologias do futuro

A IBM fez previsões um tanto audaciosas: nos próximos cinco anos, os computadores serão capazes de ver, ouvir, tocar cheirar e sentir gostos. As previsões foram divulgadas na sétima edição da “IBM 5 in 5”, que mostra cinco possíveis inovações que mudarão o modo como as pessoas trabalham e vivem nos próximos cinco anos.

Na edição deste ano, a companhia descreve aquilo que ela chama de “era dos sistemas cognitivos”, com as máquinas que contarão com os sentidos humanos. 

– Assim como o cérebro humano se baseia na interação com o mundo usando múltiplos sentidos, fazendo combinações dessas descobertas em conjunto, os sistemas cognitivos vão trazer ainda mais valor e conhecimento, nos ajudando a resolver alguns dos desafios mais complicados – afirmou o vice-presidente de inovação da IBM, Bernie Meyerson.

No projeto, a companhia designou cinco cientistas diferentes, e cada um pensou em uma das tendências. 

Confira as previsões:

Tato – em um futuro próximo, os usuários serão capazes de sentir texturas, ao tocar na tela. A tecnologia poderá ser utilizada para o comércio, saúde, e setores em que a sensibilidade ao toque, pressão e vibração sejam fundamentais.

Visão – os computadores serão capazes não apenas de “ler” os pixels da fotografia, mas de “interpretar” a imagem, realizando ações como por exemplo diagnosticar uma fratura em um exame de raio-X.

Audição – os computadores também serão capazes de interpretar os sons, tornando possível prever, por exemplo, quando uma árvore vai cair ou quando haverá um deslizamento de terra. Os sistemas também poderão ser capazes de interpretar a fala de um bebê, identificando qual a necessidade fisiológica a criança está tentando transmitir. Os sistemas também serão capazes de interpretar características psicológicas, como uma mudança de humor durante a conversa.

Paladar – a IBM já trabalha em um sistema que quebra os ingredientes dos alimentos a nível molecular. Essa tecnologia, no futuro, permitirá que os chefs criem receitas baseadas nas preferências de combinações de sabores de cada um. A tecnologia também vai permitir que algorítimos detectem por que as pessoas tem preferencias por determinados sabores. Por fim, a tecnologia também vai poder ser aplicada para auxiliar pessoas com necessidades alimentares, como os diabéticos, a manter o nível de açúcar do sangue sem abrir mão do sabor doce.

Olfato – a IBM já possui um sistema que monitora condições ambientais, que ajuda na preservação de obras de arte. Essa tecnologia poderá ser aprimorada na forma de sensores embutidos em dispositivos eletrônicos, que vão analisar o cheiro da respiração das pessoas e identificar se estão com alguma doença. A tecnologia também poderá ser utilizada em hospitais, para aumentar a higienização do local, eliminando, por exemplo, bactérias resistentes a antibióticos.

Carregando...

Você pode se interessar

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
112 visualizações
Artigos
112 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021

O inglês Clive Marles Sinclair nasceu de uma família de engenheiros. Seu avô foi engenheiro, assim como o seu pai. Com um talento natural pela Matemática e um forte interesse em eletrônica, ele se tornaria uma página importante da popularização da computação em diversas partes do mundo, construindo um legado que se perpetuará por anos […]

A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
217 visualizações
Artigos
217 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021

Vacinas contra o coronavírus contam com aparato sofisticado de cibersegurança que bateu de frente com tentativa de ação de hackers.

Top 25 comandos do Git
Artigos
359 visualizações
Artigos
359 visualizações

Top 25 comandos do Git

Carlos L. A. da Silva - 28 de agosto de 2021

Git é uma mão na roda para source control, mas pode ficar melhor ainda conhecendo os comandos certos.

Mais publicações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro
Artigos
414 visualizações
414 visualizações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro

Carlos L. A. da Silva - 20 de agosto de 2021
10 jogos que todo programador deveria conhecer
Artigos
733 visualizações
733 visualizações

10 jogos que todo programador deveria conhecer

Carlos L. A. da Silva - 1 de agosto de 2021