0 Compartilhamentos 567 Views

Mark Zuckerberg também condena eventos de Charlottesville

17 de agosto de 2017

Os trágicos eventos acontecidos em Charlottesville nesse final de semana ainda estão repercutindo na opinião pública e no Vale do Silício e Mark Zuckerberg é o mais recente grande nome a condenar o que aconteceu.

Quatro dias após a morte de Heather Heyer na escalada dos confrontos, o fundador do Facebook utilizou seu espaço pessoal na rede social para se posicionar: “não há lugar para o ódio na nossa comunidade”.

A empresa já vinha removendo links e postagens relacionadas aos grupos neonazistas e supremacistas brancos que participaram das manifestações em Charlottesville, mas o silêncio de Zuckerberg, geralmente um dos primeiros a expor suas opiniões publicamente, foi inesperado. Esse silêncio foi quebrado somente no final da tarde da quarta-feira quando o CEO do Facebook publicou a mensagem que você lê na íntegra logo abaixo:

Não nascemos odiando um ao outro. Nós não nascemos com pontos de vista tão extremos. Talvez não possamos resolver todos os problemas, mas todos nós temos a responsabilidade de fazer o que pudermos. Eu acredito que podemos fazer algo sobre as partes da nossa cultura que ensinam uma pessoa a odiar outra pessoa.

É importante que o Facebook seja um lugar onde as pessoas com diferentes pontos de vista possam compartilhar suas idéias. O debate é parte de uma sociedade saudável. Mas quando alguém tenta silenciar os outros ou atacá-los com base em quem eles são ou o que eles acreditam, isso nos magoa a todos e é inaceitável.

Não há lugar para o ódio na nossa comunidade. É por isso que sempre tiramos qualquer postagem que promova ou celebre crimes de ódio ou atos de terrorismo – incluindo o que aconteceu em Charlottesville. Com o potencial para mais manifestações, estamos observando a situação de perto e iremos derrubar ameaças de danos físicos. Nós não seremos sempre perfeitos, mas você tem meu compromisso de que nós iremos continuar trabalhando para tornar o Facebook um lugar onde todos possam se sentir seguros.

Os últimos dias foram difíceis de processar. Eu sei que muitos de nós estão perguntando de onde esse ódio vem. Como judeu, é algo que me perguntei muito na minha vida. É uma desgraça que ainda precisamos dizer que os neo-nazistas e os supremacistas brancos estão errados – como se isso não fosse óbvio. Meus pensamentos estão com as vítimas do ódio em todo o mundo, e todos os que têm a coragem de enfrentá-lo todos os dias.

Pode haver sempre algum mal no mundo, e talvez não possamos fazer nada sobre isso. Mas há muita polarização em nossa cultura, e podemos fazer algo sobre isso. Não há suficiente equilíbrio, nuance e profundidade em nosso discurso público, e acredito que podemos fazer algo sobre isso. Precisamos aproximar as pessoas, e sei que podemos progredir nisso.

Carregando...

Você pode se interessar

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada
Artigos
92 visualizações
Artigos
92 visualizações

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada

Carlos L. A. da Silva - 23 de novembro de 2021

Aplicativo oficial do sistema educacional da capital Suécia era ruim demais, mas a lei é a lei...

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando
Artigos
369 visualizações
Artigos
369 visualizações

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando

Carlos L. A. da Silva - 6 de novembro de 2021

O HyperText Markup Language nos acompanha desde os primórdios da web. É o seu tijolo mais básico. Podem surgir novas tecnologias, plugins, frameworks, conteúdo rico, mas o bom e velho HTML continua sendo a base de tudo e aprender seus mais profundos nuances é fundamental para os desenvolvedores. O HTML5 é a implementação atual da […]

O Metaverso está vindo?
Artigos
432 visualizações
Artigos
432 visualizações

O Metaverso está vindo?

Carlos L. A. da Silva - 1 de novembro de 2021

Mark Zuckerberg anunciou publicamente o desenvolvimento de um metaverso e está orientando toda sua empresa nessa direção... mas essa não é uma ideia inédita e talvez nem seja boa.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
550 visualizações
550 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021
Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
839 visualizações
839 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021
A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
925 visualizações
925 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021