0 Compartilhamentos 444 Views

Playstation Network, Battle.net e League of Legends sofrem ataques DDoS

25 de agosto de 2014

A Playstation Network, o serviço Battle.net, da Blizzard, e os servidores do MOBA League of Legends sofreram ataques DDoS (Distributed Denial Of Service) a partir do último sábado. Um grupo de hackers que se autodenomina “Lizard Squad” assumiu o crédito pelo ataque, e o caso chega a parecer um tanto quanto surreal (senão assustador) por envolver ameaças contra aviões da American Airlines, com foco em John Smedley, presidente da Sony Online Entertainment:

Recebemos informações de que o avião #362, de @j_smedley, de DFW para SAN, tem explosivos à bordo, por favor, vejam isto“. Soa bastante sarcástico até, não?

Smedley estava em um voo da companhia, em direção a San Diego, o qual foi desviado para Phoenix, e o grupo “Lizard Squad” ainda incluiu um vídeo e fez referências ao ataque terrorista de 11 de Setembro de 2001 contra o World Trade Center.

Ameaças e referência à parte, vale destacar que até o momento nenhum tipo de dado foi roubado, e a intenção do grupo parece ter sido “apenas” derrubar os serviços. O grupo começou com seus ataques DDoS no sábado à noite, focando inicialmente na AT&T. Em seguida o grupo voltou sua atenção para o jogoLeague of Legends, para logo depois então passar a atacar Hearthstone e Diablo III, ambos da Blizzard.

Ao que parece, o “Lizard Squad” escolheu os alvos a partir de jogadores que transmitiam partidas via Twitch (com base no que estes estavam jogando), e foi assim que eles também chegaram ao RPG Path of Exile. A PSN foi o alvo final, e foi também onde os maiores estragos foram causados, inclusive com a ameaça de bomba no avião do executivo da SOE.

Ataques

Vale lembrar que um ataque DDoS tem por objetivo tornar um servidor inacessível para os usuários. A meta é derrubar um ou vários servidores através do envio de um fluxo enorme e constante de informações, de solicitações que as máquinas acabam não sendo capazes de atender.

Isto acaba causando sobrecargas e até mesmo quedas. Tudo isto, obviamente, faz com que estes servidores sejam incapazes de trabalhar como deveriam, ou seja, os jogadores ficam sem jogar, incapazes de se conectar.

O “Lizard Squad” também se vangloriou no Twitter, e chegou inclusive a criticar a Sony no que diz respeito à manutenção do serviço:

Sony, mais uma grande empresa, mas eles não estão gastando as ondas de dinheiro que obtêm no serviço PSN de seus clientes. Fim da ganância“.

E a coisa toda fica ainda mais “estranha”, principalmente após o grupo de “hackers” afirmar que não acabará com o ataque à PSN até que cessem os bombardeios ao ISIS (Islamic State in Iraq and Syria, ou Estado Islâmico do Iraque e da Síria).

Não se sabe se o “Lizard Squad” possui realmente alguma ligação com o grupo jihadista, nem tampouco se eles são os reais responsáveis pelos ataques, mas um outro grupo ou pessoa também disse no Twitter ser o responsável pelos ataques

Por que alguém deve levar o crédito pelo trabalho dos outros? O LizardSquad não poderia machucar uma mosca. Decifrar um despejo de memória e encontrar o servidor foi meu trabalho“, disse um tal de FamedGod, no Twitter, o qual também disse que o Xbox será o próximo (possivelmente se referindo à rede Xbox Live).

Ameaças de bomba falsas? Grupos (ou pessoas) tentando aparecer e/ou assumir o crédito por coisas que não fizeram (ou fizeram?)? Estaria mesmo o tal “Lizard Squad” ligado ao Estado Islâmico do Iraque e da Síria, como deu a entender?

Ninguém sabe ainda, mas os resultados deste tipo de coisa sempre são preocupantes. Principalmente quando envolvem ameaças à vida, como no caso das ameaças à American Airlines que acabaram resultando no desvio do voo do presidente da Sony Online Entertainment.

Até que ponto a companhia aérea levou o caso a sério ninguém sabe, mas o desvio aconteceu, e o próprio Smedley confirmou. Já os ataques DDoS certamente são outro grande problema, também por impedirem que os usuários desfrutem de um serviço pelo qual pagam. Enquanto isso, a Sony afirma que a PSN está online novamente, e que a manutenção que havia sido programada foi adiada.

Carregando...

Você pode se interessar

Adeus a Mandic, um dos “pais” da internet brasileira
Artigos
8 visualizações
Artigos
8 visualizações

Adeus a Mandic, um dos “pais” da internet brasileira

Carlos L. A. da Silva - 18 de maio de 2021

Aleksandar Mandic partiu em 6 de maio, mas seu legado seguirá conosco.

O que é o FLoC e como ele afeta sua privacidade na internet?
Artigos
191 visualizações
Artigos
191 visualizações

O que é o FLoC e como ele afeta sua privacidade na internet?

Carlos L. A. da Silva - 5 de maio de 2021

Federated Learning of Cohorts é uma API proposta pelo Google para substituir os cookies, mas ela também oferece problemas

Como planejar e construir um projeto de programação
Artigos
414 visualizações
Artigos
414 visualizações

Como planejar e construir um projeto de programação

Carlos L. A. da Silva - 19 de abril de 2021

O desenvolvedor full stack Peter Lynch revela seu método de preparação para qualquer projeto, de forma simples e direta para iniciantes e veteranos.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações