0 Compartilhamentos 574 Views

Rock in Rio contou com a força do Microsoft Azure

17 de outubro de 2017

A sétima edição do Rock in Rio contou com a força da plataforma de nuvem Azure da Microsoft para aguentar mais de 18 milhões de visualizações registradas no site oficial durante os sete dias de atrações.

De acordo com a Microsoft, foram aproximadamente 1,6 bilhão de requisições aos servidores ao longo das duas semanas, seja durante a transmissão em tempo real das atividades ou durante a venda de ingressos.

O Rock in Rio 2017 marcou a estreia da ferramenta chamada “Live – momento a momento”, que disponibilizou ao vivo vídeos dos shows, fotos dos artistas e comentários dos fãs nas redes sociais durante o festival.  Toda infraestrutura do site foi desenvolvida pela K2 Cloud. O serviço continua disponível para quem quiser conferir tudo que foi destaque durante os sete dias de shows.

A plataforma Azure da Microsoft também foi fundamental para manter a estabilidade do site do evento no momento de pico das vendas de ingressos. Em um único dia, em Abril, o sistema chegou a suportar mais de 200 mil requisições simultâneas por minuto.

Toda infraestrutura do site foi desenvolvida pela K2 Cloud. E Rodrigo Ramos, Diretor Técnico da K2 Cloud, explicou a decisão de adotar a tecnologia da Microsoft: “no final de 2016, estávamos com alguns problemas de desempenho e perto da fase crucial de venda de tickets. Por isso, para garantir eficiência, nos antecipamos e escolhemos a parceria com o Azure por permitir fácil integração com nossas soluções Open Source, além da boa execução em ambiente de missão crítica”.

Ramos completou: “ferramentas do próprio Azure como o Operations Management Suite (OMS) e o Application Insights nos permitem realizar atividades estratégicas como monitoramento de quantidade e erros em requisições, segurança ao identificar possibilidade de ataque e extrair insights do banco de dados. Antes, precisávamos terceirizar estas funções”.

O Diretor de Nuvem da Microsoft Brasil, Roberto Prado, explicou o desafio de um megaevento como o Rock in Rio:  “novos artistas foram confirmados a todo instante, assim como pacotes de ingressos, provocando um alto e baixo de acessos todos os dias. Para garantir boa performance ao site, nossa plataforma oferece elasticidade e redundância para acompanhar o tráfego do cliente, absorvendo fases de pico como na venda de bilhetes e os acessos durante o evento, que alcançaram a marca de 1,6 bilhões de requisições aos servidores nas duas semanas de shows”.

Carregando...

Você pode se interessar

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
100 visualizações
Artigos
100 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021

O novo sistema operacional da Microsoft está entre nós, mas talvez não seja uma boa ideia pular de cabeça.

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)
Artigos
231 visualizações
Artigos
231 visualizações

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)

Carlos L. A. da Silva - 6 de outubro de 2021

V8 é o interpretador JavaScript, também chamado de máquina virtual Javascript, desenvolvido pela Google e utilizado em seu navegador Google Chrome. Com o peso de seus criadores e a quase onipresença do navegador, foi apenas uma questão de tempo para essa implementação do JavaScritp se tornar dominante no mercado. Entretanto, um bom desenvolvedor sabe que […]

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
414 visualizações
Artigos
414 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021

O inglês Clive Marles Sinclair nasceu de uma família de engenheiros. Seu avô foi engenheiro, assim como o seu pai. Com um talento natural pela Matemática e um forte interesse em eletrônica, ele se tornaria uma página importante da popularização da computação em diversas partes do mundo, construindo um legado que se perpetuará por anos […]

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
510 visualizações
510 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021
Top 25 comandos do Git
Artigos
651 visualizações
651 visualizações

Top 25 comandos do Git

Carlos L. A. da Silva - 28 de agosto de 2021
Dez anos de Kotlin: origens e futuro
Artigos
703 visualizações
703 visualizações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro

Carlos L. A. da Silva - 20 de agosto de 2021