0 Compartilhamentos 478 Views

Sony anuncia que vai demitir 5.000 funcionários e sair da indústria de PCs

6 de fevereiro de 2014

A Sony acaba de anunciar que está demitindo 5.000 funcionários como parte de grandes planos de reestruturação para o futuro. Como já tinha sido sugerido por rumores que apareceram nessa quarta-feira (05), a empresa japonesa venderá seu negócio de PCs VAIO e mudará a divisão de Tvs.

As demissões afetarão 1.500 funcionários no Japão e mais de 3.500 no exterior. Uma mistura de demissões, aposentadoria precoce e possíveis transferências para novas empresas serão oferecidos aos selecionados dentro de áreas como fabricação, vendas e administração. A Sony acredita que pode cortar os seus custos em um terço nos próximos 15 meses, antes do início de seu período financeiro de 2015.

Tem havido muita especulação sobre o futuro dos negócios da marca VAIO, por isso a notícia não vem como nenhuma surpresa. A divisão está sendo comprada, como esperado, pela Japan Industrial Partners (JIP), o fundo japonês que foi fortemente associado com um acordo neste fim de semana (foi também sugerido que a Lenovo havia se interessado em fazer a aquisição). Sob a liderança de JIP, a nova empresa vai se concentrar no mercado local japonês e irá “avaliar uma possível nova expansão geográfica” mais no futuro.

Marca VAIO é oficialmente vendida pela Sony

Marca VAIO é oficialmente vendida pela Sony

Sony há muito tempo deixou claro que estava revendo o futuro do seu negócio de PCs, destacando uma série de fatores, incluindo “as mudanças drásticas na indústria global de PCs”. A empresa prevê que a negociação com JIT será concluída até março de 2014 – o que significa que os produtos lançados nos próximos dois meses serão seus últimos dispositivos Vaio, embora a gigante ainda continue a oferecer assistência aos clientes por mais algum tempo.

Quanto à sua marca de TVs, a Sony disse que pretende transformá-la em uma subsidiária integral até julho de 2014. Além disso, o negócio estará adotando uma abordagem diferente e irá se concentrar em produtos high-end, em particular a sua gama de TVs 4K. Nos mercados emergentes, a empresa vai lançar aparelhos de TV que são “adaptados às necessidades locais específicas”.

Carregando...

Você pode se interessar

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada
Artigos
92 visualizações
Artigos
92 visualizações

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada

Carlos L. A. da Silva - 23 de novembro de 2021

Aplicativo oficial do sistema educacional da capital Suécia era ruim demais, mas a lei é a lei...

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando
Artigos
368 visualizações
Artigos
368 visualizações

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando

Carlos L. A. da Silva - 6 de novembro de 2021

O HyperText Markup Language nos acompanha desde os primórdios da web. É o seu tijolo mais básico. Podem surgir novas tecnologias, plugins, frameworks, conteúdo rico, mas o bom e velho HTML continua sendo a base de tudo e aprender seus mais profundos nuances é fundamental para os desenvolvedores. O HTML5 é a implementação atual da […]

O Metaverso está vindo?
Artigos
431 visualizações
Artigos
431 visualizações

O Metaverso está vindo?

Carlos L. A. da Silva - 1 de novembro de 2021

Mark Zuckerberg anunciou publicamente o desenvolvimento de um metaverso e está orientando toda sua empresa nessa direção... mas essa não é uma ideia inédita e talvez nem seja boa.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
550 visualizações
550 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021
Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
839 visualizações
839 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021
A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
925 visualizações
925 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021