0 Compartilhamentos 459 Views

Symantec decreta a morte do antivírus. Será?

Brian Dye, vice-presidente da Symantec, declarou ao jornal The Wall Street Journal que “o antivírus está morto” e a frase rodou o mundo. Mas, o que levou o fabricante do clássico Norton Antivirus a decretar sua morte? Ele está certo?

A Symantec não é novata no ramo da segurança eletrônica, com décadas de história na linha de frente contra as ameaças digitais desde o final dos anos 80. Entretanto, nos últimos dois anos, a empresa trocou de CEO duas vezes e amargou uma queda de 5% no seu faturamento. O que aconteceu?

A visão de Dye é a mesma da indústria e é pessimista: atualmente, apenas 45% dos malwares são detectados por antivírus convencionais. Segundo uma pesquisa realizada pela empresa de segurança FireEye, 82% dos códigos maliciosos tem vida útil de uma hora e 70% deles aparecem apenas uma vez, antes de sumir.

A nova realidade é que os hackers se aperfeiçoaram e estão usando ferramentas descartáveis, modificando seus códigos em grande velocidade para escapar do modelo de detecção baseado em assinaturas dos antivírus tradicionais.

Então, o antivírus morreu? Não, ele evoluiu. A suíte Norton também se adaptou para identificar comportamentos erráticos no sistema e fechar pontos de entrada de malware, como e-mails de phishing ou links maliciosos publicados em redes sociais.

Para Dye, o futuro da segurança eletrônica não é mais um programa monolítico que fica encarregado de proteger o sistema sem a intervenção do usuário. O novo cenário exige um conjunto de aplicativos que reforcem o uso de práticas seguras por parte do usuário e minimizem o dano em caso de invasão.

Dentro desta visão global, o antivírus segue vivo. E necessário.

Carregando...

Você pode se interessar

Influenciadores digitais que não existem
Artigos
44 visualizações
Artigos
44 visualizações

Influenciadores digitais que não existem

Carlos L. A. da Silva - 2 de dezembro de 2021

Na era da pós-verdade, influenciadores que não são reais estão ganhando espaço para uma multidão que quer ser influenciada

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada
Artigos
188 visualizações
Artigos
188 visualizações

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada

Carlos L. A. da Silva - 23 de novembro de 2021

Aplicativo oficial do sistema educacional da capital Suécia era ruim demais, mas a lei é a lei...

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando
Artigos
441 visualizações
Artigos
441 visualizações

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando

Carlos L. A. da Silva - 6 de novembro de 2021

O HyperText Markup Language nos acompanha desde os primórdios da web. É o seu tijolo mais básico. Podem surgir novas tecnologias, plugins, frameworks, conteúdo rico, mas o bom e velho HTML continua sendo a base de tudo e aprender seus mais profundos nuances é fundamental para os desenvolvedores. O HTML5 é a implementação atual da […]

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

O Metaverso está vindo?
Artigos
505 visualizações
505 visualizações

O Metaverso está vindo?

Carlos L. A. da Silva - 1 de novembro de 2021
Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
613 visualizações
613 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021
Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
908 visualizações
908 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021