0 Compartilhamentos 423 Views

Vazamento maciço de dados afeta 70% de toda a população da Coreia do Sul

25 de agosto de 2014

As autoridades da Coreia do Sul estão investigando o segundo maior vazamento de dados da história do país. Um único hacker chinês teria obtido e colocado em circulação dados pessoais de 70% da população do país.

Os 220 milhões de registros obtidos pela investigação contém dados privados de 27 milhões de habitantes, de idades que variam entre 15 e 65 anos. Os dados comprometidos vieram de bancos de dados de sites de jogos, de serviços de apostas, lojas virtuais de ringtones e sistemas de venda online de ingressos de cinema.

De acordo com a imprensa local, 16 pessoas envolvidas na circulação destes dados já foram detidas pela polícia. O principal suspeito seria um homem de 24 anos, chamado de Kim, que teria comprado os arquivos de um hacker chinês ainda não identificado, em 2011. Desde então, Kim teria revendido informação privada para terceiros, incluindo uma rede de fraude de seguro.

O preço cobrado por Kim poderia variar entre um milionésimo de dólar até 20 dólares, dependendo do lote de dados. No período em que operou negociando informações, o criminoso teria lucrado quase meio milhão de dólares. Os prejuízos causados por seus crimes podem chegar a 2 milhões de dólares.

As investigações continuam e as autoridades afirmam estar procurando outros sete suspeitos que estariam ligados ao esquema, assim como o suposto hacker chinês que teria sido a fonte do vazamento em primeiro lugar.

Em 2011, um vazamento maior ainda resultou na exposição de dados pessoais de 35 milhões de habitantes, quase a população ativa total do país. Na ocasião, a rede social mais popular da Coreia do Sul, a Cyworld, foi comprometida por invasores. E este ano, no final de Janeiro, foi descoberto um outro vazamento de grande porte, quando as autoridades detiveram um funcionário do Korea Credit Bureau (o equivalente local do SPC) que copiou dados bancários de 20 milhões de usuários para um HD externo por mais de um ano.

 

Carregando...

Você pode se interessar

Influenciadores digitais que não existem
Artigos
80 visualizações
Artigos
80 visualizações

Influenciadores digitais que não existem

Carlos L. A. da Silva - 2 de dezembro de 2021

Na era da pós-verdade, influenciadores que não são reais estão ganhando espaço para uma multidão que quer ser influenciada

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada
Artigos
211 visualizações
Artigos
211 visualizações

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada

Carlos L. A. da Silva - 23 de novembro de 2021

Aplicativo oficial do sistema educacional da capital Suécia era ruim demais, mas a lei é a lei...

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando
Artigos
466 visualizações
Artigos
466 visualizações

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando

Carlos L. A. da Silva - 6 de novembro de 2021

O HyperText Markup Language nos acompanha desde os primórdios da web. É o seu tijolo mais básico. Podem surgir novas tecnologias, plugins, frameworks, conteúdo rico, mas o bom e velho HTML continua sendo a base de tudo e aprender seus mais profundos nuances é fundamental para os desenvolvedores. O HTML5 é a implementação atual da […]

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

O Metaverso está vindo?
Artigos
528 visualizações
528 visualizações

O Metaverso está vindo?

Carlos L. A. da Silva - 1 de novembro de 2021
Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
635 visualizações
635 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021
Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
925 visualizações
925 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021