0 Compartilhamentos 348 Views

Opera ganha sincronização de senhas e integração com VPN SurfEasy – Aprenda a usar

16 de setembro de 2015

Você certamente conhece o navegador Opera, também conhecido como “o melhor navegador que ninguém usa” (esta frase também é utilizada com inúmeras variações). O Opera sempre foi um ótimo navegador, mas também sempre representou um caso bem estranho no mundo da tecnologia e dos browsers.

Sempre rápido, elegante, amigável e cheio de bons recursos (incluindo navegação por gestos), o navegador da norueguesa Opera Software nunca “engrenou”, entretanto. Ele foi o primeiro navegador, por falar nisso, a introduzir o recurso de navegação por abas, hoje “copiado” em todos os concorrentes (Chrome, Firefox, Safari e até no novo Microsoft Edge, introduzido à partir do Windows 10). O Opera, atualmente, possui algo em torno de 2% de market share. É, é bem pouco.

Novidades no Opera

Bem, a partir de hoje talvez existam mais motivos para utilizarmos o Opera. Ou, no mínimo, mais motivos para olharmos para o navegador e para a empresa por ele responsável com mais atenção.

E se você precisa de algum motivo extra para deixar de utilizar o Internet Explorer, mas, por algum motivo, qualquer que seja ele, não deseje/possa usar os navegadores da Apple, do Google, da Mozilla ou o Edge, da Microsoft, não pense duas vezes: baixe e instale o Opera sem medo.

Foi lançada uma nova versão do Opera, a “32.0.1948.31”, e ela conta com dois recursos bastante úteis: sincronização de senhas e integração com a VPN SurfEasy.

A integração com a SurfEasy, vale ressaltar desde já, não está completa. Na verdade, ela não existe ainda (pelo menos, não existe algo que possamos considerar como uma integração), e quando os usuários abrem uma nova janela privada no browser, é sugerido que eles façam o download do cliente da VPN e criem uma conta junto ao serviço (ou então que façam login, caso já sejam registrados).

Navegador Opera

A Opera está iniciando o trabalho de integração com a SurfEasy. Portanto, é bem provável que vejamos tal integração dentro de pouco tempo, em uma futura versão do browser.

A nova versão 32 do navegador também conta com sincronização de senhas, e este recurso sim está completo. Finalizado.

De maneira similar ao que acontece com outros navegadores, como o Mozilla Firefox, por exemplo, agora é possível sincronizar senhas (inclusive com uso de criptografia) entre diversos dispositivos, além de abas abertas, favoritos, complementos instalados e histórico.

Navegador Opera

Inicialmente a sincronização está disponível apenas para computadores, mas a empresa garante que o recurso chegará a outras plataformas até o final de 2015.

Para usar a sincronização de senhas (e também a sincronização de outros tipos de informações) basta ter uma conta junto à Opera Software (de maneira similar ao que acontece com o Firefox Sync), e pronto!

Navegador Opera - Sincronização de senhas

Dentre as novidades da versão 32 do Opera, também podemos mencionar a visualização em árvore dos favoritos (marcadores) e os temas animados para o “Speed Dial”.

Clique aqui para baixar o navegador Opera, versão 32, em português do Brasil

VPN SurfEasy: mais motivos para usar o Opera

Obs: antes de qualquer coisa, gostaríamos de lembrar que o SurfEasy é um aplicativo/VPN standalone, que roda perfeitamente em conjunto com o Opera e também com outros navegadores.

A privacidade é uma das maiores preocupações dos usuários de computadores e internet, atualmente. Principalmente quando ferramentas e sistemas operacionais nos “brindam” com várias lacunas (as quais podem ser fechadas, entretanto).

Navegar anonimamente, evitar ser rastreado, etc: em diversos momentos, em maior ou menor grau, é muito provável que você sinta vontade de agir assim. E é aí que entram em cena ferramentas e serviços como VPNs (como a CyberGhost – também excelente – por exemplo).

Uma VPN (Virtual Private Network, ou rede privada virtual) é uma rede remota de computadores que pode ser acessada por seus usuários de maneira tal que eles possam simular que dela fazem parte. Tal rede muitas vezes está localizada (até mesmo geograficamente falando) em outros países.

Ou seja, ao usar uma VPN, você é capaz de mascarar seu verdadeiro endereço IP, sua localização, e também conta com recursos como criptografia. Os benefícios são óbvios, sem contar que estamos falando de uma camada adicional de proteção durante a navegação.

SurfEasy VPN

A Opera Software adquiriu a SurfEasy em Março passado, e agora temos as primeiras demonstrações do que a companhia pretendia com tal compra. Como dissemos acima, a integração está em seus estágios iniciais, e na verdade, neste primeiro momento, tudo o que temos é uma página/aba com alguns detalhes informativos, incluindo o link para download do cliente e para a criação da conta junto ao serviço.

Podemos supor, obviamente, que no futuro a VPN será iniciada automaticamente assim que uma nova aba de navegação privada for iniciada no navegador, o que tornará o uso do serviço muito mais simples e rápido.

Entretanto, nunca é demais conhecermos um serviço como este. Aprender a utilizá-lo também é muito bom, e na verdade não se trata de nada complicado.

Como utilizar a SurfEasy

A SurfEasy pode ser utilizada em conjunto com qualquer outro navegador, e não somente com o Opera. Na  verdade, ao ligar a VPN, seu computador irá acessar a internet através da mesma. Ou seja, qualquer aplicativo em sua máquina que acesse a internet o fará através da SurfEasy (como clientes de e-mail, por exemplo).

Você pode até mesmo realizar um simples teste, aqui. Após ligar a SurfEasy (veja abaixo), abra um navegador qualquer e acesse o site whatismyipaddress.com: será exibido seu “novo” IP e também uma localização que, é claro, não corresponde à sua.

A SurfEasy é um serviço/software standalone, e você já pode aproveitar suas vantagens (além da gratuidade), independentemente de usar ou não o Opera.

O plano gratuito é bem interessante, e oferece 500MB de tráfego mensal (adequado para a grande maioria dos usuários, afinal, ninguém vai utilizar uma VPN o tempo todo) e aplicativos para Windows, Mac, iOS e Android.

O serviço também recompensa os usuários com tráfego adicional, com base na utilização (o qual é adicionado à franquia mensal, de forma permanente).

E, também aqui, é tudo bastante simples: adicione novos dispositivos e ganhe mais megabytes mensais. Compartilhe/indique o serviço, e você também será recompensado. Utilize, simplesmente (durante 5 dias consecutivos), e ganhe 100MB. Altere a região (mude de servidor) e ganhe mais 75MB mensais. Simples assim.

Veja abaixo como utilizar a VPN SurfEasy:

1) Primeiro de tudo, crie uma conta junto à SurfEasy (escolha o plano “Free” – ou algum outro, pago – você decide);

2) Após criar a conta, faça login no serviço e baixe o software cliente, disponível na dashboard. Instale-o e inicie-o;

3) Iniciado o software da SurfEasy, faça login com os dados escolhidos no procedimento 1, acima;

4) Você notará então que o aplicativo iniciará a VPN automaticamente, conectando você a servidores no Brasil (você pode mudar a qualquer momento, vale lembrar).

Seu ícone permanecerá na bandeja do sistema, e ao nele clicar você obterá acesso a diversas configurações:

SurfEasy VPN

5) De agora em diante, tudo também continuará extremamente fácil. Ao contrário de outros serviços similares no mercado, na SurfEasy você pode alternar entre vários servidores/regiões sem limites (mesmo utilizando o plano gratuito).

Basta clicar no botão com a bandeira (que também indica o local de conexão atual) acima exibido. Você pode escolher dentre servidores nos seguintes países:

  • Austrália;
  • Brasil;
  • Canadá;
  • Alemanha;
  • Espanha;
  • França;
  • Reino Unido;
  • Itália;
  • Japão;
  • Holanda;
  • Noruega;
  • Singapura;
  • Estados Unidos;

A troca entre servidores é realizada em pouquíssimo tempo, algo em torno de 10-15 segundos.

Para ligar ou desligar a SurfEasy, simplesmente clique no slider acima demonstrado (seu status alternará entre “on” – ligado ou “off” – desligado).

O software da SurfEasy irá iniciar juntamente com o Windows, após sua instalação. E mesmo isto pode ser desabilitado, caso você assim deseje. Basta clicar no ícone na bandeja com o botão direito do mouse e acessar “Configurações” ==> “Abrir na inicialização”. Desmarque esta opção, apenas.

Obs: você também pode remover o aplicativo da bandeja do sistema, e ele não é nada intrusivo, além disso. Simplesmente clique nele com o botão direito do mouse e no menu de contexto escolha “Sair do SurfEasy VPN”.

Note que assim que a SurfEasy é ligada (o status do slider é alterado para “On” – veja imagem acima), você passa automaticamente a fazer parte do servidor/rede/região escolhidos. Sendo assim, seu IP também muda, e isto tudo pode ser conferido através da janela do software (veja acima).

Com a VPN ligada, é como se sua máquina fizesse parte da rede em questão. E, assim, você pode acessar conteúdo restrito geograficamente, por exemplo.

Considerações finais

Mesmo sendo independente do browser Opera, a SurfEasy é um excelente serviço. Indo mais além, diríamos que esta independência torna o serviço ainda melhor, uma vez que ele independe do navegador utilizado.

Acreditamos que a Opera Software manterá uma versão standalone, independente, da SurfEasy, até mesmo porque até o momento não temos indicações de que os planos pagos serão eliminados (e, afinal, não temos razões para acreditar que a companhia irá dar cabo de mais uma fonte de renda).

A VPN da Opera Software, além disso, não impõe limitações no que diz respeito aos servidores que podem ser utilizados, e esta é uma grande vantagem, principalmente se a compararmos à concorrência.

A velocidade é outro ponto que deve ser destacado: em nossos testes, utilizando servidores nos Estados Unidos, na Austrália, no Canadá e no Brasil, obtivemos velocidades de download entre 5 e 6 Mbps (chegando, algumas vezes, a algo em torno de 11 Mbps). Ou seja, trata-se de uma VPN bastante rápida, até, principalmente se considerarmos que testamos apenas o plano gratuito.

Carregando...

Você pode se interessar

Como desativar temporariamente sua conta do Facebook
Dicas
11 visualizações
Dicas
11 visualizações

Como desativar temporariamente sua conta do Facebook

Carlos L. A. da Silva - 19 de setembro de 2020

Preparado para um "detox" da rede social? O Facebook permite que você suspenda sua conta sem precisar apagá-la permanentemente.

Promoções de Jogos do Final de Semana (18/09)
Notícias
11 visualizações
Notícias
11 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (18/09)

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2020

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

O que você precisa saber sobre o Pix
Artigos
19 visualizações
Artigos
19 visualizações

O que você precisa saber sobre o Pix

Carlos L. A. da Silva - 16 de setembro de 2020

Será o fim de DOCs, TEDs e transferências? Novo modelo de pagamento eletrônico proposto pelo Banco Central está prestes a entrar em funcionamento.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Como centralizar no CSS de forma definitiva
Dicas
21 visualizações
21 visualizações

Como centralizar no CSS de forma definitiva

Carlos L. A. da Silva - 12 de setembro de 2020
Promoções de Jogos do Final de Semana (11/09)
Notícias
24 visualizações
24 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (11/09)

Carlos L. A. da Silva - 11 de setembro de 2020
Esse artigo foi escrito por um robô
Artigos
22 visualizações
22 visualizações

Esse artigo foi escrito por um robô

Carlos L. A. da Silva - 9 de setembro de 2020
Home Booth? Você quase trabalhou em um desses…
Artigos
33 visualizações
33 visualizações

Home Booth? Você quase trabalhou em um desses…

Carlos L. A. da Silva - 5 de setembro de 2020