0 Compartilhamentos 17 Views

Top 10 soft skills para desenvolvedores

20 de novembro de 2020

Você tem todas as certificações possíveis das principais fornecedoras de tecnologia. Seu código é impecável. Você tem três livros de programação na gaveta que ainda vai publicar um dia. Seu Github é um ponto de peregrinação para aqueles que buscam o conhecimento.

Então, sua vaga no mercado de trabalho para desenvolvedores está garantidaT? Não exatamente. O mundo de TI está em constante mudança e aquele profissional isolado que trabalha no seu código, acompanhado apenas por máquinas e fabrica projetos faz parte de um passado remoto. A linha entre desenvolvimento, gerenciamento, atendimento ao cliente e apresentação se confunde. Um profissional “full stack” não tem que dominar apenas frontend backend e as empresas estão exigindo outras características: são as soft skills.

Essas características individuais irão determinar se o desenvolvedor está capacitado para trabalhar inserido em um ecossistema moderno dentro dos padrões que a empresa necessita. Selecionamos aqui as 10 soft skills mais recomendadas para um bom desenvolvedor e as mais solicitadas pelo mercado de trabalho. Vamos nos aperfeiçoar?

1) Entender o que seu cliente quer

Sabe o que segue as instruções recebidas sem questionar a finalidade ou os resultados? O seu código. Não você. O bom desenvolvedor precisa ter uma compreensão, mesmo que mínima, do que seu cliente quer, para conseguir obter a melhor abordagem e uma solução que realmente se encaixe com seus objetivos.

Essa percepção ajuda inclusive a evitar o famoso “re-trabalho”. Se o produto entregue do seu desenvolvimento não soluciona o problema que o cliente tem ou ignora as necessidades do usuário final, ele terá que ser refeito. E sabe quem vai ter que refazer? Você.

Como desenvolver? Parece óbvio, mas é importante sempre questionar o problema e não a tarefa. O desenvolvedor que inicia a tarefa dada sem compreender sua finalidade pode acabar gerando mais problemas do que havia antes.

2) Comunicação pessoal

Seus comentários no código fonte podem ser precisos e verdadeiras pérolas do saber da programação. Porém, desculpe informar. não são suficiente. Na maioria das empresas, profissionais de TI trabalham lado a lado com profissionais sem bagagem técnica. O desempenho do projheto necessita que todas as partes falem a mesma língua e não haja espaço para mal entendidos. Em outra palavras, comunicação é essencial.

O desenvolvedor que conseguir explicar sua linha de raciocínio de uma forma que alguém que mal saiba usar o e-mail possa entender é um profissional de valor inestimável para qualquer projeto multidisciplinar.

Mesmo entre profissionais de TI, a comunicação é uma dádiva. De que adianta você ser um ninja da programação, um feiticeiro dos bancos de dados, se você apenas murmura duas palavras por dia ou foge na hora da galera almoçar junto?

Como desenvolver? Tente sempre usar uma linguagem que possa ser acessível ao seu interlocutor. Use metáforas ou analogias que possam fazer parte do repertório cultural de quem ouve, reforce pontos importantes, faça um resumo. Também é importante não interromper quando outra pessoa estiver falando, antes de oferecer seu ponto de vista.

3) Trabalho em equipe

Um dos motivos por que a comunicação é importante é por que ninguém é uma ilha. A comunicação estabelece pontes e favorece o trabalho em equipe. Trabalhar bem com os outros ao seu redor, dividir tarefas, compartilhar ideias, é aquilo que torna o ambiente de trabalho mais agradável para todos e, consequentemente, mais produtivo.

Para isso funcionar, é necessário estar atento ao outro, estar disposto a ajudar e ser ajudado, coordenar esforços.

Como desenvolver? Divida as decisões, interaja mais com seus colegas de trabalho, inclusive fora do ambiente de trabalho, pratique esportes coletivos, mesmo virtuais.

4) Adaptabilidade

Sua linguagem de coração não é mais utilizada? É o apocalipse? Vai viver de migalhas agora, de projeto de migração? Não, é assim mesmo. No mundo de TI, inovações surgem em velocidade impressionante e se prender àquela sua antiga forma de desenvolver pode ser a rota perfeita para ter o mesmo destino dos dinossauros.

Basta dar uma olhadinha para trás. Muito provavelmente, a vasta maioria das ferramentas que você usava no início da sua carreira já estão obsoletas, se não forem todas. Novas e até melhoras formas de se obter resultados são criadas a todo o momento e é preciso abraçar a mudança.

Como desenvolver? Combater a mudança é adiar o inevitável. Mantenha a mente aberta, nunca pare de aprender e pesquisar, não tenha medo de perguntar. Se você não está preparado para jogar tudo fora e recomeçar do zero em um novo ambiente, talvez a carreira de TI não seja sua área. Já pensou em uma carreira menos estressante, como bombeiro ou domador de leões?

5) Inteligência emocional

Sei que é difícil conceber isso, depois de passar 18 horas por dia (ou mais) desenvolvendo o raciocínio lógico, mas somos humanos, não máquinas. Entender nossos sentimentos e as emoções daqueles que estão no mesmo barco faz parte dessa louca aventura chamada viver. Trabalho em equipe, comunicação e até entender as necessidades do seu cliente se tornam mais fáceis quando você compreende as punções internas do outro. Sim, seu cliente tem sentimentos, acredite. Pelo menos, deveria ter.

Inteligência emocional, portanto, é a habilidade de gerenciar essas emoções. Se você compreende emoções e pode controlar suas próprias sensações, você estará ainda mais apto a tomar as decisões corretas.

Como desenvolver? Para desenvolver empatia, a capacidade de assimilar a emoção de outra pessoa, é primeiro necessário saber ouvir. Analisar o comportamento, o seu e o do próximo, é um segundo passo para desenvolver a inteligência emocional. Acima de tudo, não seja tóxico, não seja hostil, não tenha atitudes destrutivas (criticar pesadamente, reclamar constantemente), não afete negativamente a moral do seu time.

6) Criatividade

Eu já sei o que você está pensando: “trabalhar em TI não precisa de criatividade ou inspiração, é só seguir os requisitos, usar os procedimentos, aplicar as ferramentas, deve ter um framework pra isso”. Muitos dos problemas solucionados com tecnologia de informação são ancestrais e repetitivos e basta aplicar uma fórmula consagrada, não é? Exceto que a indústria de TI sempre foi impulsionada pela inovação, pelos criadores que ousaram imaginar uma outra forma de fazer a mesma coisa. É no momento de desenhar uma nova solução que há espaço para a criatividade.

Criatividade é algo que não se aprende em curso ou faculdade, mas que você precisa. Pensar fora da caixa exige conhecimento, obviamente. É preciso conhecer as regras para poder quebrá-las e ir além. Mas também é preciso coragem e admitir que deixar a imaginação fluir pode ser uma solução mais rápida que uma visitinha ao StackOverflow.

Como desenvolver? Outra concepção equivocada é que não dá para desenvolver criatividade. É possível, mas exige prática e não tem a ver com livros de programação ou banco de dados. Leia obras de ficção, consuma arte, assista séries, cozinhe suas receitas, essas são formas de explorar novos conceitos e ampliar a mente, gerando um terreno fértil para a criatividade florescer inclusive na sua vida profissional. Na pior das hipóteses, você terá se divertido no processo e mente sadia produz melhor.

7) Perseverança

A prova de que trabalhar com TI não é necessariamente um trabalho lógico e racional é o bug. Por mais que haja inovação (ou justamente porque estamos sempre explorando território ainda novo), problemas acontecem. O que separa o bom profissional do profissional que nenhuma empresa quer é a disposição para enfrentar esse bug de frente, sem desistir, por mais árduo que seja o processo.

Com os obstáculos, vêm a frustração, a impaciência e aquela vontade de tomar um café de uma hora de duração. Nessas horas, inteligência emocional é importante, mas, acima de tudo, perseverança é a qualidade mais desejada.

Como desenvolver? É fundamental aceitar que, assim como a mudança, problemas também são inevitáveis e fazem parte até mesmo do projeto mais planejado. Solucionar pepinos é obrigação do profissional e esse esforço extra pode render recompensas lá na frente, porém, é o mínimo que se espera do bom desenvolvedor.

8) Aceitar críticas

Ninguém gosta de receber críticas. Faz parte de nós. Entretanto, o oposto é ainda pior: ser constantemente elogiado e nunca evoluir. A crítica construtiva é uma ferramenta para melhoria, para descobrir novas abordagens, para nos aperfeiçoarmos. A humildade é uma característica apreciada em qualquer situação.

Admitir que não se é o dono da verdade é um aprendizado doloroso. Não se trata apenas de reagir a uma resposta do outro, mas também pode ser uma atitude pró-ativa, em que o bom profissional busca espontaneamente a opinião do próximo sobre seu trabalho.

Como desenvolver? Respire fundo, se olhe no espelho e diga para si mesmo que ainda está longe da perfeição. Todos estamos. Até o mais sábio dos sábios comete erros. Reconhecer as falhas, aceitar as críticas, melhorar, são processos naturais.

9) Gerenciamento de tempo

Gerenciamento de tempo não é programar por doze horas seguidas. Também não é perder um dia de trabalho procurando a configuração perfeita. Ou tirar duas horas do dia para ver vídeos de gatinhos engraçados no YouTube. É sobre administrar objetivos e prioridades para atingir um padrão de produtividade, absorver períodos de alta demanda de tarefas sem abrir mão do equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. Em outras palavras, gerenciamento de tempo não é para amadores.

Como desenvolver? Organize suas tarefas. Tanto faz se é em um caderno velho ou em um aplicativo no smartphone. Organização é a chave. Tente dividir as tarefas grandes em tarefas menores e atue por etapas, metas. Nosso cérebro busca evitar desafios muito grandes e a propensão para perder o foco é grande, enquanto passos menores são mais simples de serem completados. Tente manter uma rotina. Experimente técnicas comprovadas como Pomodoro ou Kanban.

10) Apresentação

Você planeja um projeto, estrutura tudo corretamente, tem o que parece ser a solução perfeita. Porém, sem saber vender o seu peixe, periga um impostor conquistar os méritos ou ser designado para a tarefa. Por que isso acontece? Profissionais técnicos costumam ser focados demais na solução lógica e negligenciam como os resultados são apresentados. Ou, como dizia sua avó, galinha que não cacareja vai pra panela ou algo assim.

Essa é uma soft skill que também é um subtópico da capacidade de comunicação. No caso, consiste na habilidade de apresentar adequadamente o fruto de seu trabalho, suas conclusões e recomendações, explicar conceitos. De pouco adianta deter o conhecimento do universo da programação ou do banco de dados, se esse conteúdo fica trancado dentro da sua caixa craniana.

Como desenvolver? Documente seu progresso e suas decisões. Coloque no papel sua linha de raciocínio. Não tenha medo de expressar suas opiniões. Da mesma forma que é importante receber críticas, é importante também estar preparado para se expor.

 

Carregando...

Você pode se interessar

Como usar a internet de forma segura com os novos DNS da Cloudflare
Dicas
4 visualizações
Dicas
4 visualizações

Como usar a internet de forma segura com os novos DNS da Cloudflare

Carlos L. A. da Silva - 28 de novembro de 2020

Serviço oferece de forma gratuita duas opções reguladas para navegar de forma protegida.

Promoções de Jogos do Final de Semana (27/11) – Edição da Black Friday
Notícias
12 visualizações
Notícias
12 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (27/11) – Edição da Black Friday

Carlos L. A. da Silva - 27 de novembro de 2020

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

Como a Nvidia está usando rede neural no lugar de codecs de vídeo
Artigos
12 visualizações
Artigos
12 visualizações

Como a Nvidia está usando rede neural no lugar de codecs de vídeo

Carlos L. A. da Silva - 25 de novembro de 2020

Maxine é uma solução de aprendizado de máquina na nuvem que reduz a quantidade de dados transmitidos, deduzindo e gerando as partes que faltam.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Promoções de Jogos do Final de Semana (20/11)
Notícias
16 visualizações
16 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (20/11)

Carlos L. A. da Silva - 20 de novembro de 2020
Como detectar um bloqueador de anúncios usando uma linha de Javascript
Dicas
20 visualizações
20 visualizações
Promoções de Jogos do Final de Semana (13/11)
Notícias
26 visualizações
26 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (13/11)

Carlos L. A. da Silva - 13 de novembro de 2020
Como extrair imagens de um documento Word/LibreOffice com inteligência
Dicas
24 visualizações
24 visualizações