0 Compartilhamentos 380 Views 4 Comments

Como (e por quê) incorporar um arquivo ads.txt no seu site

10 de novembro de 2017

Recentemente, o Interactive Advertising Bureau (IAB) e o Google estabeleceram um norma que permite declarar quem está autorizado a vender publicidade em cada site, para combater falsos revendedores.

Esse método implica no armazenamento de um arquivo chamado vendedores digitais autorizados, ou simplesmente ads.txt. O uso do arquivo visa tornar a relação “publishers x revendedores” mais transparente e segura, de modo que seja possível verificar qual revendedor está autorizado a usar espaço do website para uso de publicidade programática.

De acordo com a IAB, sites que não se adequarem podem ter redução em receita e o Google confirma: “a declaração de vendedores autorizados pode ajudar você a receber valores de anunciantes que teriam sido destinados a inventários falsificados”. Confira o vídeo produzido pelo Google:

Então é melhor arregaçar as mangas e preparar o arquivo, mesmo que seu site não utilize revendedores.

Como fazer?

Crie esse documento como um arquivo de texto (.txt) e hospede-o no seu domínio de nível raiz (por exemplo, https://example.com/ads.txt).

Você deve incluir uma linha separada no arquivo para cada vendedor autorizado. Cada linha na lista ads.txt de um editor exige três conjuntos de dados obrigatórios nos seguintes moldes:

<Campo #1>, <Campo #2>, <Campo #3>

<Campo #1>: nome de domínio do sistema de publicidade. Para as contas de editor do Google, o nome do domínio é sempre google.com. Outras redes publicitárias apresentarão nomes de domínio diferentes.

<Campo #2>: ID da conta do editor. Esse é o código identificador associado à conta do vendedor/revendedor dentro do sistema de publicidade especificado no campo anterior. Para contas de editor do Google, use o ID do editor que é exibido em cada uma delas (por exemplo, pub-0000000000000000).

<Campo #3>: tipo de conta/relacionamento. Esse campo aceita dois parâmetros distintos.

  • Pode receber um valor ‘DIRECT‘ quando o editor (proprietário do conteúdo) controla diretamente a conta indicada (geralmente, isso representa um contrato comercial direto entre o editor e o sistema de publicidade. Os editores do Google que controlam diretamente a conta indicada no campo anterior devem especificar ‘DIRECT’.
  • Pode receber um  ‘RESELLER‘ quando o editor autorizou outra entidade a controlar a conta exibida no campo anterior a revender o espaço para anúncios por meio do sistema no campo #1. Os editores do Google que não controlam diretamente a conta indicada no campo #2 devem especificar ‘RESELLER’.

Existe também um quarto parâmetro opcional, que é oID de autoridade de certificação. Trata-se de um ID que identifica de forma exclusiva o sistema de publicidade dentro de uma autoridade de certificação.

Exemplos:

Um ads.txt para um webmaster que vende publicidade diretamente em seu próprio website, usando o Google AdSense, teria uma única linha no arquivo:

google.com, pub-0000000000000000, DIRECT

Um ads.txt para um webmaster que vende publicidade diretamente em seu próprio website e também através de parceiros ou revendedores, usando o Google AdSense, teria mais de uma linha no arquivo:

google.com, pub-0000000000000000, DIRECT
google.com, pub-0000000000000000, RESELLER

(perceba que o código de editor do AdSense precisa ser customizado nos exemplos acima)

Você pode se interessar

Como remover sugestões de URL da barra de endereços do Chrome
Dicas
4 visualizações
Dicas
4 visualizações

Como remover sugestões de URL da barra de endereços do Chrome

Carlos L. A. da Silva - 9 de abril de 2020

Navegador guarda qualquer endereço visitado e sugere pra você, mas você não precisa apagar o Histórico inteiro para se livrar de um deles.

IBM amplia Call for Code Challenge 2020 para enfrentar o COVID-19
Notícias
8 visualizações
Notícias
8 visualizações

IBM amplia Call for Code Challenge 2020 para enfrentar o COVID-19

Redação - 7 de abril de 2020

A IBM está expandindo o desafio global Call For Code 2020 para abordar a reação do mundo com o COVID–19, além das mudanças climáticas: duas questões urgentes que podem comprometer nossa saúde, nosso planeta e nossa sobrevivência.

Que fim levou o Windows Phone?
Artigos
9 visualizações
Artigos
9 visualizações

Que fim levou o Windows Phone?

Carlos L. A. da Silva - 6 de abril de 2020

A longa história de estratégias equivocadas da Microsoft em dispositivos móveis e o fim de um sonho.

4 Responses

  1. Sua publicação me ajudou muito, estava com problemas com esses ads.txt e seu post me tirou dessa encrenca. Obrigado de novo.

    Resposta

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Promoções de Jogos do Final de Semana (03/04)
Notícias
19 visualizações
19 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (03/04)

Carlos L. A. da Silva - 3 de abril de 2020
Como descobrir se tem um “fantasma” no seu teclado
Dicas
20 visualizações
20 visualizações

Como descobrir se tem um “fantasma” no seu teclado

Carlos L. A. da Silva - 2 de abril de 2020
Trabalhando de casa
Artigos
30 visualizações
30 visualizações

Trabalhando de casa

Carlos L. A. da Silva - 30 de março de 2020
Promoções de Jogos do Final de Semana (27/03)
Notícias
29 visualizações
29 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (27/03)

Carlos L. A. da Silva - 27 de março de 2020