0 Compartilhamentos 120 Views

Adminer: um gerenciador de bancos de dados SQL em um único arquivo PHP

8 de novembro de 2016

No mundo da tecnologia em geral, da administração de servidores, do desenvolvimento, é sempre muito bom contar com alternativas. Com muitas opções, diga-se de passagem.

Usuários diferentes podem se adaptar melhor a esta ou àquela interface, a uma ou a outra ferramenta ou tecnologia, a um ou outro software. De repente, um software adorado pela grande maioria dos desenvolvedores não caiu no seu gosto, e vice-versa.

Pode ser assim no que diz respeito aos gerenciadores MySQL, por exemplo. Pode ser que você de repente não se adapte ao MySQL-Front, ou então ao “Chrome MySQL Admin“. Pode acontecer também de você de repente não gostar do famoso phpMyAdmin: a escolha é sua.

E aqui vai mais uma opção: o Adminer. Trata-se de uma alternativa gratuita (na verdade, opensource), que pode ser instalada em seu próprio servidor, em sua própria conta de hospedagem. Pense também no Adminer como uma alternativa ao phpMyAdmin.

O Adminer tem como um de seus grandes diferenciais a simplicidade, a qual já começa em sua instalação: ele consiste em 01 (um) único arquivo PHP, o qual deve ser enviado para seu servidor/conta (via FTP, por exemplo). Simples assim.

Adminer

Instalação do Adminer

O arquivo deve ser baixado, devidamente renomeado (para “adminer.php” – sem aspas) e então enviado para uma pasta qualquer em seu servidor. Por segurança e também para maior organização, crie uma nova pasta, e proteja-a com senha (através de um .htaccess, por exemplo – assim você evita uso/utilização indevidos).

Obs: para proteger diretórios com senha, confira este artigo (dica 09). Vale também a pena lembrar que muitos painéis de controle atuais oferecem o recurso de maneira visual – verifique com sua empresa de hospedagem, em caso de dúvidas.

Usando o Adminer

O Adminer é simples, prático, rápido. Sucinto, bastante direto ao ponto, mesmo. Você irá enviá-lo para uma pasta qualquer em seu site, a qual deve ser perfeitamente acessível via web (por exemplo, a pasta public_html), de maneira tal que você consiga acessar a ferramenta através de um navegador.

Exemplos:

www.seusite.tld/gerenciamento/adminer.php

www.codigofonte.com.br/gerenciamento/adminer.php

Ao acessar a URL do Adminer, será solicitado que você informe os seguintes dados, relativos ao banco de dados que será administrado:

  • Sistema;
  • Servidor;
  • Usuário (do banco de dados);
  • Senha (do banco de dados);
  • Base de dados (nome do banco);

O Adminer trabalha com bancos de dados MySQL, PostgreSQL, SQLite, MS SQL, Oracle e SimpleDB, dentre outros. Ele também se encontra traduzido em mais de 30 (trinta) idiomas diferentes, incluindo o português do Brasil.

Seus recursos são inúmeros. Ele permite a execução rápida de queries SQL, e também permite a exportação de dados, para práticos e fáceis backups. Diversos temas também estão disponíveis, vale lembrar, e todos são facilmente instaláveis: baixe os arquivos CSS disponíveis na seção “Alternative designs” do site da ferramenta, renomeie-os para “adminer.css” (sem aspas) e envie-os para a mesma pasta onde se encontra o arquivo “adminer.php”: pronto, o tema foi instalado com sucesso – basta recarregar a página para conferir as alterações.

Obs: lembre-se de que o tema em uso deve sempre se chamar “adminer.css” – vá renomeando conforme a necessidade, conforme você desejar utilizar temas novos. Você também pode apagar arquivos de temas “anteriores”, que não mais deseja utilizar, e utilizar sempre um “adminer.css” novo, “limpo”.

O Adminer permite alterações nas bases de dados e também nos esquemas, além de proporcionar uma interface bastante prática para a execução dos comandos SQL, conforme já mencionamos acima.

Dados podem ser exportados sem problemas, novas tabelas podem ser criadas, e também é possível realizar a importação de arquivos .SQL, de forma rápida e prática.

As estruturas das tabelas também podem ser modificadas através da prática ferramenta, a qual possibilita inclusive a inserção de novos registros e a visualização das estruturas e dos registros.

Para baixar o Adminer, utilize o botão abaixo e baixe, na seção “Downloads”, a versão mais atual (Adminer 4.2.5). Trata-se do arquivo “adminer-4.2.5.php”: renomeie-o e envie-o para seu servidor, conforme explicado acima.

Clique para baixar o Adminer

Você pode se interessar

Promoções de Jogos do Final de Semana (17/08)
Notícias
5 visualizações
Notícias
5 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (17/08)

Carlos L. A. da Silva - 17 de agosto de 2018

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

O mercado de desenvolvimento e a automação de testes de softwares
Artigos
4 visualizações
Artigos
4 visualizações

O mercado de desenvolvimento e a automação de testes de softwares

Redação - 17 de agosto de 2018

Ryan Yackel, fala sobre empresas de desenvolvimento e a utilização de práticas de testes automatizados de softwares.

O que é Código Fonte?
Artigos
5 visualizações
Artigos
5 visualizações

O que é Código Fonte?

Carlos L. A. da Silva - 17 de agosto de 2018

Pode parecer óbvio para muita gente, mas afinal o que significa o nome do nosso site? Explicamos direitinho o que é esse tal de Código Fonte!

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Servidores dedicados – Review
Artigos
12 visualizações
12 visualizações

Servidores dedicados – Review

Redação - 15 de agosto de 2018
Promoções de Jogos do Final de Semana (10/08)
Notícias
14 visualizações
14 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (10/08)

Carlos L. A. da Silva - 10 de agosto de 2018
Como apagar tuítes antigos gratuitamente
Dicas
14 visualizações
14 visualizações

Como apagar tuítes antigos gratuitamente

Carlos L. A. da Silva - 8 de agosto de 2018