0 Compartilhamentos 455 Views

Biscoito Fino vende música sem proteção contra cópias

5 de novembro de 2009

A 1ª a vendar música sem proteção no Brasil
A gravadora Biscoito Fino colocou no ar no final de outubro sua loja para venda de canções digitais sem tecnologia de proteção contra cópias, ampliando o catálogo de artistas disponíveis para compra no Brasil sem DRM.

O serviço Biscoito Fino Digital foi viabilizado por meio de parceria com o iMúsica, plataforma de comercialização de conteúdo multimídia da holding IdeasNet.

O novo serviço engrossa o mercado de venda de canções digitais sem a tecnologia de proteção contra cópias com um catálogo composto, majoritariamente, por artistas da MPB, samba e choro.

O catálogo da Biscoito Fino mistura tanto nomes já conhecidos e relevantes da música brasileira, como Tom Jobim, Chico Buarque, Maria Bethânia, Cartola e João Donato, com artistas de projeção mais recente, como Monica Salmaso, Mart´nália, Nó em Pingo D`água e Yamandú Costa.

Com o lançamento, a gravadora fundada por Kati Almeida Braga e Olivia Hime se torna a primeira a vender canções de seus artistas sem DRM diretamente para os consumidores no Brasil.

Anteriormente, Biscoito Fino e iMúsica já haviam se unido para lançar o download do disco “Carioca”, de Chico Buarque, simultaneamente à chegada do CD às lojas.

As músicas serão vendidas no formato MP3, com taxa de reprodução de 192 Kbps e custarão, cada uma, 1,99 real. Discos com até catorze músicas saem por 19,90 reais, mesmo preço praticado pela iMúsica em seu serviço tradicional.

A Biscoito Fino não é a primeira gravadora a vender músicas sem DRM no Brasil – desde o segundo semestre de 2008, EMI e Universal, junto a dezenas de independentes brasileiras, vendem canções em MP3 sem restrição contra cópias pelo Coolnex, plataforma de customização para clientes da iMúsica.

“A Biscoito (Fino) sempre teve uma política de venda de música dos seus próprios artistas. Seu público é um pouco mais velho e estaria mais disposto a botar (os dados do) cartão de crédito e comprar música”, afirma o diretor executivo do iMúsica, Felipe Llerena, citando um dos principais impedimentos para a venda de canções digitais no País.

Segundo o executivo, a imposição de duas outras grandes gravadoras (Sony BMG e Warner) pelo uso de DRM faz com que o iMúsica continue explorando a venda de canções sem DRM apenas nos sites de parceiros.

Dados da Associação Brasileira de Produtores de Discos (ABPD) divulgados em abril apontam que a venda de música digital movimentou 43,5 milhões de reais em 2008 no Brasil, aumento de 79,1% na comparação com o ano anterior.

Com informações de IDG Now.

Carregando...

Você pode se interessar

Influenciadores digitais que não existem
Artigos
10 visualizações
Artigos
10 visualizações

Influenciadores digitais que não existem

Carlos L. A. da Silva - 2 de dezembro de 2021

Na era da pós-verdade, influenciadores que não são reais estão ganhando espaço para uma multidão que quer ser influenciada

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada
Artigos
172 visualizações
Artigos
172 visualizações

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada

Carlos L. A. da Silva - 23 de novembro de 2021

Aplicativo oficial do sistema educacional da capital Suécia era ruim demais, mas a lei é a lei...

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando
Artigos
428 visualizações
Artigos
428 visualizações

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando

Carlos L. A. da Silva - 6 de novembro de 2021

O HyperText Markup Language nos acompanha desde os primórdios da web. É o seu tijolo mais básico. Podem surgir novas tecnologias, plugins, frameworks, conteúdo rico, mas o bom e velho HTML continua sendo a base de tudo e aprender seus mais profundos nuances é fundamental para os desenvolvedores. O HTML5 é a implementação atual da […]

Mais publicações

O Metaverso está vindo?
Artigos
492 visualizações
492 visualizações

O Metaverso está vindo?

Carlos L. A. da Silva - 1 de novembro de 2021
Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
599 visualizações
599 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021
Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
898 visualizações
898 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021