0 Compartilhamentos 156 Views

Ironia: Seminário de Prevenção de Vazamentos… vaza da Apple

A Apple passou por uma situação constrangedora nesse começo de semana: o conteúdo de um seminário de alta segurança para prevenção de vazamentos acabou vazando da empresa.

O áudio completo da apresentação “Interrompendo Informantes – Mantendo a Confidencialidade na Apple” chegou às mãos da imprensa, por mais irônico que possa parecer.

O seminário reuniu mais de 100 executivos da Apple e foi conduzido por três integrantes da Divisão Global de Segurança da gigante norte-americana. O time é composto por especialistas em informação e contra-informação, oriundos da comunidade de Inteligência, muitos deles com experiência militar e passagens pelo FBI, NSA e Serviço Secreto dos Estados Unidos. O grupo é responsável pelas estratégias de sigilo da Apple e por investigações de vazamentos e furtos de segredos. E, mesmo assim, o conteúdo da palestra foi vazado.

Segundo a apresentação, há uma forte pressão para que produtos e componentes da Apple cheguem às mãos erradas, sejam concorrentes ou membros da imprensa. Funcionários chegam a receber ofertas que equivalem a meses de salário pelo desvio de peças ou mesmo de protótipos. Houve pelo menos um caso em que a parte interessada ofereceu uma soma proporcional a um ano de salário do funcionário. A palestra revelou que a maior fonte de vazamentos antigamente estava na linha de produção, principalmente na China.

Em 2013, a Apple se viu forçada a comprar no mercado negro 29.000 carcaças para evitar que o iPhone 5C fosse divulgado por “cada blog da Terra” antes do anúncio oficial. Mas em 2016, os métodos de proteção nas fábricas se tornaram tão eficientes que das 65 milhões de unidades produzidas no estrangeiro, apenas 4 foram desviadas, uma impressionante margem de segurança de um para 16 milhões.

Mas a palestra revelou que o próximo desafio está justamente nos campi da Apple nos Estados Unidos, que teriam agora mais vazamentos que as fábricas no exterior. “Mais coisas saíram da Apple no ano passado do que em toda nossa cadeia de produção combinada”, ouve-se no áudio.

Entretanto, nesses casos locais, a motivação nem sempre é financeira: “nós frequentemente temos pessoas que estão realmente empolgadas sobre nossos produtos e eles acabam encontrando algo para compartilhar (…) ou alguém faz uma pergunta e, ao invés de simplesmente dizer ‘eu não posso falar sobre isso’, eles acabam contando demais”. Como o próprio vazamento da palestra confirma, a blindagem da Apple ainda não é perfeita.

 

Você pode se interessar

Vídeos
1,655 compartilhamentos6,805 visualizações

Reagindo a Vagas de Estágio // Vlog React #91

Thais Cardoso de Mello - 21 de março de 2019

Confira no vídeo se o que dizem sobre os estágio no Brasil realmente faz sentido.

A Inteligência Artificial que era perigosa demais
Artigos
3 visualizações
Artigos
3 visualizações

A Inteligência Artificial que era perigosa demais

Carlos L. A. da Silva - 21 de março de 2019

A estranha história da pesquisa que precisou ser engavetada por um bom motivo...

TypeScript // Dicionário do Programador
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,808 visualizações
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,808 visualizações

TypeScript // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 18 de março de 2019

TypeScript é o termo falado nesse Dicionário do Programador, conheça mais sobre o assunto.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/03)
Notícias
11 visualizações
11 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/03)

Carlos L. A. da Silva - 15 de março de 2019
Mega Bate-Papo com o Programador BR (feat. Igor Oliveira) // CDF Entrevista
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,812 visualizações
1,655 compartilhamentos6,812 visualizações
World Wide Web completa 30 anos!
Notícias
13 visualizações
13 visualizações

World Wide Web completa 30 anos!

Carlos L. A. da Silva - 12 de março de 2019
Ada Lovelace: o cérebro que nunca morre
Artigos
134 visualizações1
134 visualizações1

Ada Lovelace: o cérebro que nunca morre

Carlos L. A. da Silva - 12 de março de 2019