0 Compartilhamentos 146 Views

Microsoft Pix ganha funções artísticas para suas fotos

A Microsoft está focada em entrar no ramo de aplicativos fotográficos e resolveu dar uma repaginada no já lançado Pix, com novas funcionalidades.

O aplicativo gratuito agora também utiliza algoritmos de Inteligência Artificial para criar efeitos que rivalizam com o do Prism e outros programas similares.

A novidade é fruto de uma colaboração entre o laboratório de pesquisa da Microsoft Ásia e o time de desenvolvimento Skype e o objetivo é ir além da fotografia nítida e perfeita, ajustada por qualidade como era o projeto inicial do Pix. “Essas devem ser funcionalidades divertidas”, revelou Josh Weisberg, gerente do grupo de Fotografia Computacional da empresa. “No passado, muito de nossos esforços estava focado em usar AI e aprendizado profundo para capturar os melhores momentos e a melhor qualidade de imagem. isso é mais sobre diversão”.

O engenheiro revelou que a equipe desejava obter “algo cool e artístico” com as fotos processadas através do Microsoft Pix. Segundo o anúncio oficial da novidade, a partir de agora o usuário também pode dar a suas fotos um toque de estilo parecido com as obras de arte penduradas em galerias em Amsterdam, Paris e New York.

microsoft-pix-art

O resultado à primeira vista parece bastante parecido com o que aplicativos como Prism, Lucid, Pikazo, Dreamscope e outros vem fazendo bem antes com filtros. Mas a Microsoft garante que não se trata de uma simples utilização de filtros em imagens. “Ao contrário de um filtro, que uniformemente altera as cores de uma foto, aplicando um Estilo Pix transfere texturas, padrões e tons para uma foto no estilo selecionado, transformando-a em uma criação distinta”, explica Weisberg.

Indo na contramão dos concorrentes também em outro aspecto, o processamento das imagens não acontece na nuvem com o Pix, mas dentro do próprio dispositivo. Com essa medida, a Microsoft promete um resultado mais ágil e que evita o tráfego de dados entre o aparelho e a internet, economizando consumo de banda e permitindo seu uso offline.

Apesar das mudanças, o Microsoft Pix segue exclusivo para dispositivos iOS e não há uma previsão de lançamento para a versão Android.

Você pode se interessar

TypeScript // Dicionário do Programador
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,807 visualizações
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,807 visualizações

TypeScript // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 18 de março de 2019

TypeScript é o termo falado nesse Dicionário do Programador, conheça mais sobre o assunto.

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/03)
Notícias
11 visualizações
Notícias
11 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/03)

Carlos L. A. da Silva - 15 de março de 2019

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

Mega Bate-Papo com o Programador BR (feat. Igor Oliveira) // CDF Entrevista
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,812 visualizações
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,812 visualizações

Mega Bate-Papo com o Programador BR (feat. Igor Oliveira) // CDF Entrevista

Thais Cardoso de Mello - 14 de março de 2019

Batemos um papo muito divertido e informativo com o Igor Oliveira (do canal Programador BR).

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

World Wide Web completa 30 anos!
Notícias
13 visualizações
13 visualizações

World Wide Web completa 30 anos!

Carlos L. A. da Silva - 12 de março de 2019
Ada Lovelace: o cérebro que nunca morre
Artigos
134 visualizações1
134 visualizações1

Ada Lovelace: o cérebro que nunca morre

Carlos L. A. da Silva - 12 de março de 2019
Scrum // Dicionário do Programador
Vídeos
15 visualizações
15 visualizações

Scrum // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 11 de março de 2019