0 Compartilhamentos 823 Views

Não é só a Microsoft: EA supostamente também paga personalidades do YouTube para promover novos jogos

22 de janeiro de 2014

Embora a Microsoft possa ter secretamente pago criadores de vídeos do YouTube para promover o Xbox One, ela parece não ser a única empresa que faz isso. A editora de videogames Electronic Arts (mais conhecida como EA) parece ter todo um programa feito especialmente para pagar youtubers para promover jogos como Battlefield 4 e Need for Speed: Rivals.

De acordo com um relatório do site NeoGAF, o suposto programa se chama Ronku e com ele a empresa paga gamers US$ 10 para cada 1.000 visualizações. Para se qualificar ao Ronku, criadores de vídeo do YouTube, aparentemente, tem que seguir instruções específicas sobre como promover o jogo.

EA é responsável por jogos como Medalha de Honra e Battlefield 4

EA é responsável por jogos como Medalha de Honra e Battlefield 4

O problema novamente não é o fato da EA ter achado uma maneira fantástica de fazer propaganda de seus novos jogos: Como a Microsoft, a empresa pode estar pedindo aos criadores de vídeo para não divulgarem que estão sendo pagos. A Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC, na sigla em inglês) exige que endossantes mostrem de “forma clara e visível” para seu público que eles estão fazendo publieditoriais ou vídeo, mas os supostos documentos obtidos pela NeoGAF sugerem que a EA proíbe expressamente que façam isso:

"Você concorda em manter confidencialmente todos os assuntos relacionados a este Acordo e qualquer cessão, incluindo, mas sem limitação , os detalhes e remuneração listados acima"

“Você concorda em manter confidencialmente todos os assuntos relacionados a este Acordo e qualquer cessão, incluindo, mas sem limitação , os detalhes e remuneração listados acima”

Apesar do texto de acordo do Ronku não poder ser confirmado, a existência do programa em si é bastante fácil de provar. O site Ronku está bem aqui, com nome de domínio da Electronic Arts, e sua fonte HTML de fato descreve um site que paga aos seus membros para completar tarefas.

Sobre a acusação, a EA disse que “através do programa Ronku da EA, alguns fãs são compensados ​​pelos vídeos do YouTube que criarem e partilharem sobre os nossos jogos”. “O programa exige que os participantes cumpram com as diretrizes da FTC e identifiquem quando o conteúdo é patrocinado. Vídeos gerados por usuários são um aspecto valioso e único de como os jogadores compartilham suas experiências nos games que eles amam, e a EA apoia isso”, explicou um porta-voz da empresa.

Carregando...

Você pode se interessar

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
36 visualizações
Artigos
36 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021

O novo sistema operacional da Microsoft está entre nós, mas talvez não seja uma boa ideia pular de cabeça.

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)
Artigos
187 visualizações
Artigos
187 visualizações

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)

Carlos L. A. da Silva - 6 de outubro de 2021

V8 é o interpretador JavaScript, também chamado de máquina virtual Javascript, desenvolvido pela Google e utilizado em seu navegador Google Chrome. Com o peso de seus criadores e a quase onipresença do navegador, foi apenas uma questão de tempo para essa implementação do JavaScritp se tornar dominante no mercado. Entretanto, um bom desenvolvedor sabe que […]

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
368 visualizações
Artigos
368 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021

O inglês Clive Marles Sinclair nasceu de uma família de engenheiros. Seu avô foi engenheiro, assim como o seu pai. Com um talento natural pela Matemática e um forte interesse em eletrônica, ele se tornaria uma página importante da popularização da computação em diversas partes do mundo, construindo um legado que se perpetuará por anos […]

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
467 visualizações
467 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021
Top 25 comandos do Git
Artigos
603 visualizações
603 visualizações

Top 25 comandos do Git

Carlos L. A. da Silva - 28 de agosto de 2021
Dez anos de Kotlin: origens e futuro
Artigos
655 visualizações
655 visualizações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro

Carlos L. A. da Silva - 20 de agosto de 2021