0 Compartilhamentos 457 Views

Obama impõe limites à NSA, mas não se desculpa por ações de espionagem

17 de janeiro de 2014

Em um discurso agendado, o presidente dos Estados Unidos Barack Obama anunciou hoje algumas mudanças à forma como a NSA (Agência de Segurança Nacional, em inglês) age dentro e fora do território americano. Entretanto, Obama não se desculpou pelos abusos denunciados por Edward Snowden.

Durante o pronunciamento, que está sendo criticado por opositores do sistema de vigilância, o presidente reiterou a necessidade do aparato de espionagem, alegou que ele é comum a todas as nações, mas reconheceu que houve excessos e que é possível preservar melhor a privacidade dos cidadãos.

Entre as mudanças estariam uma redução no monitoramento de ligações telefônicas internas e na espionagem de líderes de nações aliadas. Em nenhum dos casos, foi estabelecido o limite para estas ações ou o tamanho exato das operações anteriores, entretanto, durante o discurso, Obama admitiu que a NSA coletava informações de “dezenas” de alvos entre países aliados.

Sobre Edward Snowden, Obama foi taxativo a respeito do informante: “Uma vez que há uma investigação em andamento sobre o tema, não irei comentar sobre os atos e os motivos de Snowden. Posso afirmar que a defesa de nossa nação depende, em parte, da lealdade daqueles encarregados dos segredos da nossa nação”.

A maioria das alterações nos métodos da NSA sugeridos por Obama foi classificada como “cosmética” pelos críticos. Nas palavras de Julian Assange, fundador do WikiLeaks, “eu acho embaraçoso para um chefe de Estado deste porte falar por quase 45 minutos e não dizer nada”.

Carregando...

Você pode se interessar

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
35 visualizações
Artigos
35 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021

O novo sistema operacional da Microsoft está entre nós, mas talvez não seja uma boa ideia pular de cabeça.

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)
Artigos
187 visualizações
Artigos
187 visualizações

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)

Carlos L. A. da Silva - 6 de outubro de 2021

V8 é o interpretador JavaScript, também chamado de máquina virtual Javascript, desenvolvido pela Google e utilizado em seu navegador Google Chrome. Com o peso de seus criadores e a quase onipresença do navegador, foi apenas uma questão de tempo para essa implementação do JavaScritp se tornar dominante no mercado. Entretanto, um bom desenvolvedor sabe que […]

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
367 visualizações
Artigos
367 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021

O inglês Clive Marles Sinclair nasceu de uma família de engenheiros. Seu avô foi engenheiro, assim como o seu pai. Com um talento natural pela Matemática e um forte interesse em eletrônica, ele se tornaria uma página importante da popularização da computação em diversas partes do mundo, construindo um legado que se perpetuará por anos […]

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
467 visualizações
467 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021
Top 25 comandos do Git
Artigos
603 visualizações
603 visualizações

Top 25 comandos do Git

Carlos L. A. da Silva - 28 de agosto de 2021
Dez anos de Kotlin: origens e futuro
Artigos
654 visualizações
654 visualizações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro

Carlos L. A. da Silva - 20 de agosto de 2021