0 Compartilhamentos 154 Views

Pesquisadores armazenam dados em moléculas de DNA

Pesquisadores da University of Washington, nos Estados Unidos, conseguiram realizar mais um passo no armazenamento de dados em moléculas de DNA.

Eles codificaram quatro imagens digitais em DNA e conseguiram recuperar as informações sem erros de uma forma direta e que pode ser utilizada em buscas por dados.

Essa não é a primeira vez que pesquisadores armazenam dados digitais em moléculas de DNA, mas foi a primeira vez que os resultados puderam ser recuperadas sem a necessidade de se sequenciar a molécula inteira. Na teoria, o DNA se comportou de forma idêntica a um disco rígido, onde é possível realizar a leitura tanto de forma direta quanto por busca de dados.

Se aperfeiçoada, a técnica pode revolucionar a forma como armazenamos informação. Para o processo funcionar, é preciso converter os dados binários para um modelo que atenda à base de quatro, já que são quatro tipos diferentes de nucleotídeos que podem compor uma molécula de DNA (representados pelas letras G, T, A e C). Uma vez sintetizada a molécula com as informações em sua estrutura, é possível armazenar o equivalente a 5.5 petabits (5.500 terabits) em apenas um milímetro cúbico.

dna-data

Essa “mancha” vermelha no fundo do recipiente poderia conter 10 mil gigabytes de dados.

Para Luiz Ceze, um dos professores envolvidos na pesquisa, a própria natureza já utiliza o DNA com esse objetivo: “a vida produziu essa fantástica molécula chamada DNA que eficientemente armazena todo o tipo de informação sobre seus genes e como um sistema vivo funciona – é muito, muito compacta e muito durável”. E explicou: “nós estamos essencialmente reformando ele para guardar dados digitais – fotos, vídeos, documentos – de uma forma gerenciável por centenas ou milhares de anos”.

A quebra de paradigma conquistada pela University of Washington é fundamental para a evolução da tecnologia: se é possível armazenar uma quantidade absurda de dados em um espaço tão reduzido, como se recuperar uma foto, um vídeo, um documento específico de vários petabytes de informação? Com a técnica desenvolvida pelos pesquisadores provou-se ser possível acessar esses dados de uma forma direta, que pode ser utilizada em uma busca.

Você pode se interessar

Promoções de Jogos do Final de Semana (19/07)
Notícias
22 visualizações
Notícias
22 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (19/07)

Carlos L. A. da Silva - 19 de julho de 2019

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

Como ativar o DNS-over-HTTPS (DoH) no Firefox
Dicas
14 visualizações
Dicas
14 visualizações

Como ativar o DNS-over-HTTPS (DoH) no Firefox

Carlos L. A. da Silva - 18 de julho de 2019

Protocolo aumenta a segurança da navegação de seus dados e navegador da Mozilla por enquanto é o único com suporte oficial.

Autenticação através do GitHub com JavaScript e OAuth
Códigos
17 visualizações
Códigos
17 visualizações

Autenticação através do GitHub com JavaScript e OAuth

Redação - 17 de julho de 2019

Veja como criar de forma simples um botão social de login com Github usando OAuth. Neste guia Javascript com códigos que funcionam você aprende como. Confira o passo a passo e crie o seu.

Mais publicações

SEO // Dicionário do Programador
Vídeos
16 visualizações
16 visualizações

SEO // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 15 de julho de 2019
Promoções de Jogos do Final de Semana (12/07)
Notícias
18 visualizações
18 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (12/07)

Carlos L. A. da Silva - 12 de julho de 2019
Conheça Astaroth: o Cavalo de Troia que se alastra no Brasil
Artigos
30 visualizações
30 visualizações

Conheça Astaroth: o Cavalo de Troia que se alastra no Brasil

Carlos L. A. da Silva - 11 de julho de 2019