0 Compartilhamentos 541 Views 1 Comments

Rumor: Microsoft teria pago personalidades do YouTube para promover o Xbox One

21 de janeiro de 2014

Parece que todo o sucesso do Xbox One teve um empurrão extra: Supostamente, a Microsoft fez uma parceria com a Machinima para quietamente pagar parceiros do canal do Youtube para promover o console.

De acordo com o site Ars Technica, afiliados da Machinima (que até hoje é um dos maiores canais de games do Youtube) poderiam obter um bônus de US$ 3 para cada 1.000 visualizações (CPM) se eles incluíssem pelo menos 30 segundos de filmagens do Xbox One e menciononassem o nome do console. No entanto, o que chama atenção é o fato de que os youtubers não poderiam revelar os detalhes do acordo e pagamento, pois poderiam violar as regras da Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC, em inglês) no processo.

Machinima é um dos maiores canais de games do Youtube

Machinima é um dos maiores canais de games do Youtube

Rumores sobre a parceria vieram à tona no fim de semana passado e mais tarde uma cópia completa do acordo legal vazou, detalhando as regras de confidencialidade que os parceiros deveriam respeitar depois que assinassem:

Você concorda em manter confidencialmente todos os assuntos relacionados a este acordo, incluindo, mas sem limitação, os requisitos de promoção e a remuneração CPM, listados acima.

No entanto, de acordo com as diretrizes da FTC, endossantes são culpados, por lei, se não divulgarem “de forma clara e visível” que estão sendo pagos por um anunciante para promover seus serviços.

O site Poptent também lista outros relatórios da Microsoft convidando estrelas da Machinima para promover o Xbox One que datam de novembro – sugerindo que esta nova modalidade de publicidade vem acontecendo pelo menos desde o lançamento do console.

Até o momento nem a Microsoft ou a Machinima fizeram algum comentário sobre os rumores.

Carregando...

Você pode se interessar

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
76 visualizações
Artigos
76 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021

O novo sistema operacional da Microsoft está entre nós, mas talvez não seja uma boa ideia pular de cabeça.

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)
Artigos
217 visualizações
Artigos
217 visualizações

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)

Carlos L. A. da Silva - 6 de outubro de 2021

V8 é o interpretador JavaScript, também chamado de máquina virtual Javascript, desenvolvido pela Google e utilizado em seu navegador Google Chrome. Com o peso de seus criadores e a quase onipresença do navegador, foi apenas uma questão de tempo para essa implementação do JavaScritp se tornar dominante no mercado. Entretanto, um bom desenvolvedor sabe que […]

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
395 visualizações
Artigos
395 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021

O inglês Clive Marles Sinclair nasceu de uma família de engenheiros. Seu avô foi engenheiro, assim como o seu pai. Com um talento natural pela Matemática e um forte interesse em eletrônica, ele se tornaria uma página importante da popularização da computação em diversas partes do mundo, construindo um legado que se perpetuará por anos […]

One Response

  1. Ah… Agora alguns absurdos começam a fazer sentido, parece que o lema da M$ é cada vez mais “nada muda”.

    Resposta

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
493 visualizações
493 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021
Top 25 comandos do Git
Artigos
628 visualizações
628 visualizações

Top 25 comandos do Git

Carlos L. A. da Silva - 28 de agosto de 2021
Dez anos de Kotlin: origens e futuro
Artigos
682 visualizações
682 visualizações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro

Carlos L. A. da Silva - 20 de agosto de 2021