0 Compartilhamentos 132 Views

Seus tweets estão sendo usados por cientistas para monitorar terremotos em todo o mundo

8 de outubro de 2015

O Twitter é um dos melhores lugares para saber das últimas notícias. Sempre que alguém morre, basta olhar para os Trending Topics para ver seu nome. Quer saber como está o Master Chef? Pesquise o show e pronto, você ganha live tweets de milhares de pessoas.

E agora, todos esses tweets estão sendo usados ​​para algo ainda melhor: Rastreamento de terremotos. Sim, entre memes e opiniões, há dados úteis na rede social.

A roganização norte-americana US Geological Survey (USGS) está detectando tweets que mencionam terremotos, mesmo se eles estão em diferentes idiomas.

twitter-earthquake

O projeto funciona assim: A USGS paga o Twitter para acessar seus dados. Um programa classifica automaticamente os tweets vindos de 316 milhões de usuários ativos da rede social. Quando muitas pessoas em uma área específica começam a enviar mensagens sobre terremotos, pesquisadores do governo recebem um alerta.

“Não é uma mudança revolucionária no que fazemos, mas isso só nos dá um minuto extra para começar a responder”, disse Paul Earle, um sismólogo da USGS.

A organização só tem 2 mil sensores de terremotos, a maioria dos quais estão nos EUA. Assim, os dados do Twitter ajudam a ampliar o seu acesso a informações sobre atividades sísmicas em outras partes do mundo e acompanhar quaisquer desastres potenciais.

O Twitter deu um grande exemplo do novo recurso em seu blog: Quando o terremoto mais forte em 25 anos atingiu Napa em 2014, a USGS foi capaz de detectá-lo em apenas 29 segundos, utilizando dados do Twitter.

A USGS diz que está esperando integrar detecções do Twitter em algoritmos sísmicos para acelerar o processo de alerta ainda mais no futuro.

Você pode se interessar

Programadores na Campus Party Brasil 12 // CDF na Estrada
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,807 visualizações
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,807 visualizações

Programadores na Campus Party Brasil 12 // CDF na Estrada

Thais Cardoso de Mello - 21 de fevereiro de 2019

Os CDFs foram pela primeira vez na Campus Party Brasil, que está comemorando sua 12ª edição em 2019. Confira as primeiras impressões do evento!

Revolução: cinco anos de Satya Nadella no comando da Microsoft
Artigos
11 visualizações
Artigos
11 visualizações

Revolução: cinco anos de Satya Nadella no comando da Microsoft

Carlos L. A. da Silva - 18 de fevereiro de 2019

Como o novo CEO mudou completamente a percepção pública da Microsoft e conduziu a empresa para uma posição mais amigável na indústria.

Redux // Dicionário do Programador
Vídeos
10 visualizações
Vídeos
10 visualizações

Redux // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 18 de fevereiro de 2019

Redux é o termo falado nesse Dicionário do Programador, conheça mais sobre o assunto.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/02)
Notícias
17 visualizações
17 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/02)

Carlos L. A. da Silva - 15 de fevereiro de 2019
Como salvar seus dados do Google Plus
Dicas
13 visualizações
13 visualizações

Como salvar seus dados do Google Plus

Carlos L. A. da Silva - 15 de fevereiro de 2019
Reagindo a Vagas de Emprego para Programadores // Vlog React #89
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,815 visualizações
1,655 compartilhamentos6,815 visualizações

Reagindo a Vagas de Emprego para Programadores // Vlog React #89

Thais Cardoso de Mello - 14 de fevereiro de 2019
Manifesto Ágil: Tipos de demanda e classes de serviço
Artigos
19 visualizações
19 visualizações

Manifesto Ágil: Tipos de demanda e classes de serviço

Plataformatec - 12 de fevereiro de 2019