0 Compartilhamentos 585 Views

WikiLeaks cumpre o prometido e solta documentos sobre o golpe militar na Turquia

A guerra de informação entre a Turquia e a WikiLeaks ganhou um novo capítulo no final da tarde de ontem quando a ONG cumpriu o prometido e soltou documentos sobre os bastidores da tentativa de golpe militar.

Em represália à publicação de quase 300 mil mensagens de e-mails do partido governista, o domínio da WikiLeaks foi bloqueado em toda a Turquia.

No total, são 294.548 e-mails enviados entre 2010 e 6 de Julho deste ano, uma semana antes de tanques e tropas ocuparem as ruas das principais cidades do país. As mensagens partiram todas do domínio akparti.org.tr, o principal endereço utilizado pelo partido governista AKP. Todos os e-mails para podem ser lidos na íntegra e pesquisados no site da WikiLeaks.

Segundo a ONG especializada em divulgar documentos sigilosos de governos de diversos países para expor as reais intenções de seus governantes e agentes, a fonte desse vazamento maciço “não está conectada de forma alguma com os elementos por trás da tentativa de golpe ou com um partido ou estado rival”. A WikiLeaks também ratificou que não é nem a favor e nem contra o governo do presidente Erdogan, mas tem interesse em divulgar “a verdade”.

Em virtude da perseguição extrema conduzida por Erdogan após o fracassado golpe para tirá-lo do poder, a WikiLeaks resolveu adiantar a publicação das mensagens. O vazamento não deve parar por aí, uma vez que a ONG havia prometido quase um milhão de documentos relacionados aos bastidores políticos da Turquia. Esse lote inicial de mensagens abrange somente e-mails de contas de usuários com iniciais de A até I, o que corrobora a expectativa de novas publicações.

Aparentemente, o conteúdo divulgado está inacessível ao povo turco, principal interessado nas informações que possam ser extraídas dessas mensagens. O domínio da WikiLeaks foi bloqueado no país e a ONG está instruindo usuários e simpatizantes a incentivarem o uso de proxys e torrents para que o material possa ser divulgado dentro da Turquia.

Até o coletivo hacker Anonymous está apoiando a iniciativa e está conclamando seus membros a ajudarem a divulgar o vazamento da WikiLeaks, dentro e fora do país: “nós solicitamos às pessoas da Turquia que se interessem pelo material que a WikiLeaks está lançando e não o ignorem apenas porque um líder lhes disse isso. Nós advogamos pelo uso de ferramentas anti-censura como Tor, I2P ou VPN. Nós iremos fazer nosso melhor para traduzir esses e-mails e documentos para a comunidade internacional ler e oferecer uma compreensão melhor da situação atual na Turquia”.

Carregando...

Você pode se interessar

Influenciadores digitais que não existem
Artigos
59 visualizações
Artigos
59 visualizações

Influenciadores digitais que não existem

Carlos L. A. da Silva - 2 de dezembro de 2021

Na era da pós-verdade, influenciadores que não são reais estão ganhando espaço para uma multidão que quer ser influenciada

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada
Artigos
196 visualizações
Artigos
196 visualizações

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada

Carlos L. A. da Silva - 23 de novembro de 2021

Aplicativo oficial do sistema educacional da capital Suécia era ruim demais, mas a lei é a lei...

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando
Artigos
449 visualizações
Artigos
449 visualizações

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando

Carlos L. A. da Silva - 6 de novembro de 2021

O HyperText Markup Language nos acompanha desde os primórdios da web. É o seu tijolo mais básico. Podem surgir novas tecnologias, plugins, frameworks, conteúdo rico, mas o bom e velho HTML continua sendo a base de tudo e aprender seus mais profundos nuances é fundamental para os desenvolvedores. O HTML5 é a implementação atual da […]

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

O Metaverso está vindo?
Artigos
511 visualizações
511 visualizações

O Metaverso está vindo?

Carlos L. A. da Silva - 1 de novembro de 2021
Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
618 visualizações
618 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021
Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
914 visualizações
914 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021