0 Compartilhamentos 534 Views

Xiaomi ultrapassa Samsung, liderando a venda de smartphones na China

18 de fevereiro de 2015

A gigante Xiaomi lidera a venda de smartphones na China, tendo ultrapassado novamente a sul coreana Samsung. É o que aponta um relatório da organização de pesquisas IDC, segundo o qual a “Apple Chinesa” atingiu um market share de 12,5%, após um grande crescimento durante o quarto trimestre de 2014.

Vale ressaltar que em 2013 a empresa respondia por 5,3% do mercado chinês de smartphones, ou seja, trata-se de um crescimento e tanto, sendo que o market share da Samsung na terra de Mao Tsé-Tung, por outro lado, caiu de 18,7% para 12,1%, no mesmo período.

Xiaomi

O sucesso da Xiaomi talvez possa ser em grande parte explicado pela combinação “altíssima qualidade e preços competitivos”. A fabricante também oferece em seus dispositivos uma versão customizada do Android, o MIUI, o qual conta com uma grande variedade de recursos e aplicativos adicionais, sem falar em serviços baseados na nuvem e milhares de temas.

A empresa, que se tornou a terceira maior fabricante de smartphones do mundo em 2014 (também segundo o IDC), em breve deve estar vendendo seus aparelhos no Brasil: ela já possui escritórios abertos em São Paulo e um de seus smartphones, o Redmi Note 4G, já foi homologado pela ANATEL.

Embora as remessas de telefones 3G na China tenham sido afetadas pela redução no subsídio das operadoras, o mercado foi capaz de crescer no último trimestre de 2014 devido ao aumento de telefones 4G. Além disso, enquanto o percentual de telefones vendidos através das operadoras caiu, o número de telefones vendidos através de meios eletrônicos aumentou (o percentual aumentou de um para dois dígitos ano a ano), devido à popularidade de lojas online como jd.com e tmall.com).

O lançamento dos telefones com telas maiores da Apple também ajudou a contribuir para o aumento nas remessas“, disse Tay Xiaohan, analista de mercado sênior da IDC.

Vale lembrar também que a Xiaomi já havia ultrapassado a Samsung anteriormente. Isto aconteceu durante o segundo trimestre de 2014, segundo a empresa de pesquisas a Canalys (quando a fabricante registrou um market share de 14%).

Carregando...

Você pode se interessar

Influenciadores digitais que não existem
Artigos
59 visualizações
Artigos
59 visualizações

Influenciadores digitais que não existem

Carlos L. A. da Silva - 2 de dezembro de 2021

Na era da pós-verdade, influenciadores que não são reais estão ganhando espaço para uma multidão que quer ser influenciada

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada
Artigos
196 visualizações
Artigos
196 visualizações

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada

Carlos L. A. da Silva - 23 de novembro de 2021

Aplicativo oficial do sistema educacional da capital Suécia era ruim demais, mas a lei é a lei...

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando
Artigos
449 visualizações
Artigos
449 visualizações

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando

Carlos L. A. da Silva - 6 de novembro de 2021

O HyperText Markup Language nos acompanha desde os primórdios da web. É o seu tijolo mais básico. Podem surgir novas tecnologias, plugins, frameworks, conteúdo rico, mas o bom e velho HTML continua sendo a base de tudo e aprender seus mais profundos nuances é fundamental para os desenvolvedores. O HTML5 é a implementação atual da […]

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

O Metaverso está vindo?
Artigos
511 visualizações
511 visualizações

O Metaverso está vindo?

Carlos L. A. da Silva - 1 de novembro de 2021
Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
618 visualizações
618 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021
Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
914 visualizações
914 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021