0 Compartilhamentos 363 Views 1 Comments

7 linguagens de programação para estudar em 2018

28 de dezembro de 2017

Aprender a programar pode assustar muita gente, mas existem diversas técnicas, meios e ferramentas, atualmente, que ajudam a reduzir um pouco quaisquer hipotéticos traumas.

Aqui mesmo no código fonte já listamos uma série dicas para você que deseja aprender alguma linguagem. Confira abaixo:

Também existem algumas plataformas com cursos online muito interessantes e práticas, como a Udemy, por exemplo. Enfim, são muitas as maneiras de entrar nesta área sem que seja preciso gastar rios de dinheiro e perder inúmeros fios de cabelo.

código

Pois bem, o site Coding Dojo montou uma listagem com 7 linguagens de programação importantes. Linguagens que você deve ficar de olho em 2018. Linguagens cuja adoção vem aumentando.

A lista foi preparada com base nas vagas disponíveis em um famoso banco online. Vamos lá:

C#

Linguagem da Microsoft que faz parte da plataforma .NET, de suma importância para quem trabalha com o desenvolvimento de games. A linguagem surgiu em 2000.

C++

Linguagem também utilizada no desenvolvimento de jogos eletrônicos, além de softwares e aplicativos diversos, drivers, etc. Trata-se de uma linguagem compilada multi-paradigma, surgida na década de 70.

Java

Utilizada no desenvolvimento de aplicativos para smartphones e tablets Android, o Java surgiu em 1995 e é utilizado por uma enorme quantidade de empresas e programadores ao redor do mundo.

O java é compilado para um bytecode, o qual é interpretado pela máquina virtual “Java Virtual Machine”.

JavaScript

Bastante utilizado na web, no desenvolvimento de sites, o JavaScript é uma das linguagens de programação mais populares da atualidade. Ele também ganhará mais relevância com o advento da internet das coisas, valendo a pena lembrar que trata-se de uma linguagem de programação interpretada, originalmente desenvolvida como parte de navegadores web, para que scripts pudessem rodar no lado do cliente, interagindo com os usuários sem a necessidade de passagem para os servidores web.

Perl

O Perl ficou em sétimo lugar no ranking das linguagens mais populares em 2017. Trata-se de uma linguagem muito utilizada por quem administra sistemas Linux e redes, tendo sido lançada em 1987.

A linguagem permite a criação de aplicativos em ambientes UNIX, MSDOS, Windows, Macintosh e OS/2, dentre outros.

PHP

Bastante utilizada em sites e sistemas web, o PHP é uma linguagem interpretada livre, utilizada na criação de sistemas que rodam do lado do servidor. A linguagem surgiu em 1995.

Python

O Python é uma linguagem cuja utilização aumentou em 2017. Surgida em 1991, trata-se de uma linguagem de programação de alto nível, utilizada para diversos fins, como por exemplo desenvolvimento de aplicativos web e softwares em geral.

Você pode se interessar

Como enlouquecer os rastreadores de internet
Dicas
7 visualizações
Dicas
7 visualizações

Como enlouquecer os rastreadores de internet

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2019

Track This é um experimento criado pelo time do Firefox que vai alterar completamente o perfil que os anunciantes tem de você.

A história de Amazônia, o primeiro jogo brasileiro!
Artigos
8 visualizações
Artigos
8 visualizações

A história de Amazônia, o primeiro jogo brasileiro!

Carlos L. A. da Silva - 17 de setembro de 2019

Como um programador iniciante criou um adventure clássico que atravessou décadas.

VIM (Amado ou Odiado?) // Dicionário do Programador
Vídeos
6 visualizações
Vídeos
6 visualizações

VIM (Amado ou Odiado?) // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 16 de setembro de 2019

Uma poderosa ferramenta, que dispensa apresentações, e vem sendo utilizada por muitas gerações de programadores.

Mais publicações

Promoções de Jogos do Final de Semana (13/09)
Notícias
10 visualizações
10 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (13/09)

Carlos L. A. da Silva - 13 de setembro de 2019
Como usar os novos atributos de link do Google
Dicas
11 visualizações
11 visualizações

Como usar os novos atributos de link do Google

Carlos L. A. da Silva - 11 de setembro de 2019