0 Compartilhamentos 185 Views

Algoritmo do Google consegue desvendar imagens pixeladas

7 de fevereiro de 2017

Quem nunca viu em uma série de TV policial ou filme de ficção-científica um “perito” ampliar no computador uma foto de baixíssima qualidade até identificar um suspeito ou uma pista para o caso?

Até hoje, esse tipo de cena causava risos ou constrangimento em qualquer um que tenha o mínimo conhecimento de como pixels funcionam, mas o Google está prestes a tornar a técnica real.

Um algoritmo do Google Brain, o laboratório de desenvolvimento de sistemas dotados de aprendizado de máquina do Google, foi capaz de pegar imagens de baixíssima qualidade e inferir com uma boa margem de acerto como seria a imagem real. Não se trata, é claro de ampliar ou extrair informações de onde elas não existem, mas empregar um imenso banco de dados de rostos e cenários para deduzir uma aproximação.

Ou seja, é um chute. Mas o algoritmo está chutando muito bem, embora esteja longe da meta impossível da ficção. Confira alguns resultados abaixo:

google_brain-01

O processo também serve para identificar locais:

google-brain-02

Ainda que o algoritmo não satisfaça o nível de acurácia necessário para uma investigação policial verdadeira, por exemplo, trata-se de uma tecnologia embrionária que ainda pode evoluir e mesmo seus resultados atuais já podem servir de base para aplicações comerciais.

Você pode se interessar

5 fatos que todo departamento de TI pode aprender com Fortnite
Artigos
7 visualizações
Artigos
7 visualizações

5 fatos que todo departamento de TI pode aprender com Fortnite

Carlos L. A. da Silva - 1 de julho de 2019

O Departamento de TI de uma empresa não é apenas um lugar onde os caras jogam Fortnite o dia inteiro. Grandes desastres podem vir de lá também...

Promoções de Jogos do Final de Semana (28/06)
Notícias
7 visualizações
Notícias
7 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (28/06)

Carlos L. A. da Silva - 28 de junho de 2019

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

FIREBASE Database na Prática com JAVASCRIPT PURO // Mão no Código #14
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,806 visualizações
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,806 visualizações

FIREBASE Database na Prática com JAVASCRIPT PURO // Mão no Código #14

Thais Cardoso de Mello - 27 de junho de 2019

Vamos mostrar na prática pra vocês como é SIMPLES DEMAIS manipular o Realtime Database (noSQL) do Firebase usando JavaScript puro e o SDK "marrrravilhoso" que o pessoal do Google Cloud criou.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Como baixar o novo Windows Terminal
Dicas
18 visualizações
18 visualizações

Como baixar o novo Windows Terminal

Carlos L. A. da Silva - 26 de junho de 2019
Libra: o que sabemos sobre a criptomoeda do Facebook
Artigos
11 visualizações
11 visualizações

Libra: o que sabemos sobre a criptomoeda do Facebook

Carlos L. A. da Silva - 25 de junho de 2019
WebAssembly // Dicionário do Programador
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,810 visualizações
1,655 compartilhamentos6,810 visualizações

WebAssembly // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 24 de junho de 2019
Promoções de Jogos do Final de Semana (21/06)
Notícias
10 visualizações
10 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (21/06)

Carlos L. A. da Silva - 21 de junho de 2019