0 Compartilhamentos 489 Views 1 Comments

Hackers fazem computadores nucleares do Irã tocarem AC/DC

7 de agosto de 2014

Entre 2009 e 2010, o programa nuclear iraniano foi alvo de um ataque cibernético devastador. Um vírus, supostamente desenvolvido pelos governos norte-americano e israelense e conhecido como Stuxnet, assumiu o controle de instalações em todo o país, fazendo com que milhares de máquinas quebrassem.

Mas, aparentemente, os atacantes não estavam satisfeitos em apenas atacar os esforços nucleares do país – eles queriam mostrar seu controle de outras maneiras. Para isso, eles aparentemente sequestraram estações de trabalho iranianas e as usaram para tocar AC/DC.

ac-dc-ira-hacker

E eles tocaram alto. Falando na conferência de segurança Black Hat, o especialista em segurança informática finlandês Mikko Hypponen lembrou um e-mail que recebeu de um cientista iraniano na época dos ataques do Stuxnet:

“Houve também algumas músicas tocando aleatoriamente em várias das estações de trabalho durante o meio da noite no mais alto volume. Creio que foi a banda americana AC/DC Thunderstruck. Era tudo muito estranho e aconteceu muito rapidamente. Os atacantes também conseguiram ter acesso e removeram todos os nossos logs”

É claro que “Thunderstruck” é uma faixa do álbum Razor’s Edge, não um sufixo para o nome da banda australiana, mas o cientista pode ser perdoado pelo erro.

De acordo com o The Verge, as leis de censura do país permitem que apenas canções iranianas de folk, clássicas ou pop sejam tocadas em público.

Carregando...

Você pode se interessar

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
76 visualizações
Artigos
76 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021

O novo sistema operacional da Microsoft está entre nós, mas talvez não seja uma boa ideia pular de cabeça.

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)
Artigos
217 visualizações
Artigos
217 visualizações

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)

Carlos L. A. da Silva - 6 de outubro de 2021

V8 é o interpretador JavaScript, também chamado de máquina virtual Javascript, desenvolvido pela Google e utilizado em seu navegador Google Chrome. Com o peso de seus criadores e a quase onipresença do navegador, foi apenas uma questão de tempo para essa implementação do JavaScritp se tornar dominante no mercado. Entretanto, um bom desenvolvedor sabe que […]

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
395 visualizações
Artigos
395 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021

O inglês Clive Marles Sinclair nasceu de uma família de engenheiros. Seu avô foi engenheiro, assim como o seu pai. Com um talento natural pela Matemática e um forte interesse em eletrônica, ele se tornaria uma página importante da popularização da computação em diversas partes do mundo, construindo um legado que se perpetuará por anos […]

One Response

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
493 visualizações
493 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021
Top 25 comandos do Git
Artigos
628 visualizações
628 visualizações

Top 25 comandos do Git

Carlos L. A. da Silva - 28 de agosto de 2021
Dez anos de Kotlin: origens e futuro
Artigos
682 visualizações
682 visualizações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro

Carlos L. A. da Silva - 20 de agosto de 2021