0 Compartilhamentos 552 Views 1 Comments

Pesquisadores de Stanford criam bateria para celulares que pode durar até 3 vezes mais

28 de julho de 2014

Hoje em dia, neste nosso mundo conectado, é raro o dia em que saímos de casa sem nosso smartphone. Nossos iPhones, nossos dispositivos Android, etc. Wi-fi, 3G, 4G, Facebook, Twitter, e-mail, jogos, navegação e uma enorme diversidade de outros aplicativos e recursos drenam a bateria de nossos aparelhos muito rapidamente.

Ficar sem bateria e ver seu smartphone morrer no meio de um dia atribulado (sem os recursos necessários para a devida recarga) é, talvez, um dos maiores pesadelos de muita gente. Obviamente, temos atualmente uma série de opções extras que podem quebrar um galho e/ou ajudar bastante nestes momentos.

Módulos carregadores portáteis, como por exemplo os da MiPow, são bastante úteis. Tudo isto, porém, acaba resultando em mais peso e em mais um gadget a ser carregado na bolsa ou mala. O ideal mesmo seria contar apenas com a bateria do aparelho (uma utopia, por enquanto).

battery_charge

Mas como (quase) sempre, existe uma luz no fim do túnel. A tecnologia está em constante evolução, e o que hoje representa sofrimento e problema para muitos amanhã pode ser lembrado apenas como uma anedota, talvez. As baterias de íons de lítio podem ser evoluídas. Uma equipe de pesquisadores da universidade de Stanford desenvolveu um novo tipo de bateria de íons de lítio (lithium ion), a qual pode durar até 3 vezes mais que as que se encontram atualmente no mercado.

Tal bateria conta com uma tecnologia que evita o desperdício de energia e que também controla quaisquer possíveis instabilidades químicas, além de garantir mais eficiência na parte da bateria que descarrega os elétrons (ânodo). Assim, tem-se uma bateria mais segura, capaz de cargas mais duradouras e, segundo os pesquisadores, capaz de manter um smartphone funcionando pelo dobro ou até mesmo o triplo do tempo das outras.

Claro, esta nova bateria não está à venda, por enquanto, portanto, temos de ainda amargar cargas que duram um dia, apenas (dependendo da utilização e do aparelho).

Carregando...

Você pode se interessar

Influenciadores digitais que não existem
Artigos
7 visualizações
Artigos
7 visualizações

Influenciadores digitais que não existem

Carlos L. A. da Silva - 2 de dezembro de 2021

Na era da pós-verdade, influenciadores que não são reais estão ganhando espaço para uma multidão que quer ser influenciada

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada
Artigos
172 visualizações
Artigos
172 visualizações

Pais criam aplicativo de código aberto melhor que o da escola, mas a polícia é acionada

Carlos L. A. da Silva - 23 de novembro de 2021

Aplicativo oficial do sistema educacional da capital Suécia era ruim demais, mas a lei é a lei...

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando
Artigos
428 visualizações
Artigos
428 visualizações

10 recursos HTML5 úteis que você pode não estar usando

Carlos L. A. da Silva - 6 de novembro de 2021

O HyperText Markup Language nos acompanha desde os primórdios da web. É o seu tijolo mais básico. Podem surgir novas tecnologias, plugins, frameworks, conteúdo rico, mas o bom e velho HTML continua sendo a base de tudo e aprender seus mais profundos nuances é fundamental para os desenvolvedores. O HTML5 é a implementação atual da […]

One Response

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

O Metaverso está vindo?
Artigos
492 visualizações
492 visualizações

O Metaverso está vindo?

Carlos L. A. da Silva - 1 de novembro de 2021
Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
599 visualizações
599 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021
Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
898 visualizações
898 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021