0 Compartilhamentos 608 Views

Políticos franceses estão irritados com Assassin’s Creed: Unity

18 de novembro de 2014

O inferno astral da Ubisoft parece estar longe de acabar. A polêmica da vez envolvendo Assassin’s Creed: Unity envolve políticos franceses que não estão nada satisfeitos com os fatos históricos apresentados no jogo.

A bronca principal está relacionada com a participação de François Marie Isidore de Robespierre no jogo. O líder revolucionário foi um dos pilares da Revolução Francesa, mas no jogo é retratado como um sádico sanguinário e aliado dos Templários, os grandes vilões da franquia Assassin’s Creed.

De acordo com o ex-candidato à presidência da França Jean-Luc Melenchon, membro do Parlamento Europeu, o jogo “é uma propaganda contra o povo. O povo é mostrado como um bando de bárbaros sanguinários. O homem que foi o nosso libertador em um dos momentos da Revolução é retratado como um monstro. (…) estão nos insultando e destruindo o que mantém o povo francês unido”.

robespierre

Robespierre no jogo

E a realidade imita a ficção, com o próprio Melenchon sugerindo uma conspiração por parte da Ubisoft: ” Trata-se de uma recontagem da história para glorificar aqueles que perderam (a revolução) e para desacreditar a república, única e indivisível.”

O produtor do jogo Antonine Vimal du Monteil defende Assassin’s Creed: Unity e sua empresa, a também francesa Ubisoft. Para Monteil, a série nunca teve preocupação em ser um retrato fiel da história: “é um jogo para o público de massa. Não é uma lição de história”, declarou.

Mas Jean-Luc Melenchon não está sozinho em suas reclamações. O historiador Alexis Corbière, Secretário-geral do partido de esquerda La Partie de la Gauche,  aponta que Assassin’s Creed: Unity “alega erroneamente que houve centenas de milhares de mortos  e que as ruas estiveram preenchidas com sangue”.  Para Corbière, o jogo pode estar sim dando uma visão equivocada dos fatos para a juventude.

Carregando...

Você pode se interessar

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora
Artigos
74 visualizações
Artigos
74 visualizações

Por que eu decidi não migrar para o Windows 11 agora

Carlos L. A. da Silva - 19 de outubro de 2021

O novo sistema operacional da Microsoft está entre nós, mas talvez não seja uma boa ideia pular de cabeça.

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)
Artigos
215 visualizações
Artigos
215 visualizações

Enumerando e analisando mais de 40 implementações de JavaScript (que não são V8)

Carlos L. A. da Silva - 6 de outubro de 2021

V8 é o interpretador JavaScript, também chamado de máquina virtual Javascript, desenvolvido pela Google e utilizado em seu navegador Google Chrome. Com o peso de seus criadores e a quase onipresença do navegador, foi apenas uma questão de tempo para essa implementação do JavaScritp se tornar dominante no mercado. Entretanto, um bom desenvolvedor sabe que […]

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo
Artigos
394 visualizações
Artigos
394 visualizações

Sir Clive Sinclair, o homem adiantado no tempo

Carlos L. A. da Silva - 18 de setembro de 2021

O inglês Clive Marles Sinclair nasceu de uma família de engenheiros. Seu avô foi engenheiro, assim como o seu pai. Com um talento natural pela Matemática e um forte interesse em eletrônica, ele se tornaria uma página importante da popularização da computação em diversas partes do mundo, construindo um legado que se perpetuará por anos […]

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

A cibersegurança por trás das vacinas
Artigos
493 visualizações
493 visualizações

A cibersegurança por trás das vacinas

Carlos L. A. da Silva - 7 de setembro de 2021
Top 25 comandos do Git
Artigos
627 visualizações
627 visualizações

Top 25 comandos do Git

Carlos L. A. da Silva - 28 de agosto de 2021
Dez anos de Kotlin: origens e futuro
Artigos
681 visualizações
681 visualizações

Dez anos de Kotlin: origens e futuro

Carlos L. A. da Silva - 20 de agosto de 2021