0 Compartilhamentos 134 Views

YouTube passa a suportar transmissão ao vivo em 360 graus

O YouTube anunciou no final da tarde dessa segunda-feira que passará a oferecer suporte a transmissões ao vivo em 360 graus em sua plataforma.

Outras novidades reveladas foram a possibilidade de uso de som espacial, que parece envolver o ouvinte,  e vídeos em resolução de 1440p a 60fps, para maior exibição de detalhes de imagem.

Segundo o YouTube, o objetivo da plataforma é ampliar a oferta de acesso a conteúdo em 360º, facilitando a produção desse tipo de material para todos os usuários. Para começar uma transmissão ao vivo no formato, bastaria ter o equipamento adequado, por exemplo: nenhuma alteração é necessária na forma como o usuário interage com o YouTube atualmente para ativar esse recurso.

A prova de fogo da novidade será o festival de música de Coachella, cuja transmissão em tempo real será realizada com a tecnologia 360º. Os espectadores poderão conferir cada detalhe do evento usando qualquer dispositivo de Realidade Virtual ou apenas um navegador tradicional, seja no desktop ou em dispositivos móveis, e movimentando a cena com o mouse.

youtube-360

Para tornar o suporte à tecnologia invisível para o usuário final e prático de implementar, o Google negociou com os principais fabricantes de softwares e hardwares e produziu a Live API, que facilita a interação entre o equipamento e o sistema de transmissão do YouTube. A meta é unificar o ecossistema de diferentes fabricantes e soluções em torno de um modelo de transmissão que atenda às necessidades dos usuários.

Além dos vídeos em 360º em tempo real, o YouTube também anunciou o suporte a som espacial, “onde profundidade, distância e intensidade, todos desempenham um papel” no resultado final, de acordo com Neal Mohan, Chief Product Officer para YouTube. O áudio gerado se aproxima do mundo real e facilita a experiência de imersão do usuário em cenários produzidos para Realidade Virtual.

Por enquanto, a tecnologia não está disponível para transmissões ao vivo, mas já está habilitada para vídeos gravados. Outra limitação nessa primeira fase é que, para experimentar o som espacial adequadamente, o usuário precisa estar em um ambiente Android e utilizando fones de ouvido. Se você se enquadra nos critérios, pode ouvir a lista de áudios criada pelo YouTube para demonstrar a tecnologia.

youtube-espacial

A última das novidades anunciadas pelo YouTube é o suporte a resolução de 1440p a 60fps para transmissões ao vivo. Os espectadores serão beneficiados com um grau de nitidez inédito na plataforma, com 70% mais pixels do que o chamado HD em 1080p. A proposta do YouTube é aliar esse novo limite com as transmissões em 360º para oferecer a melhor experiência imersiva possível para o usuário. Mas transmissões tradicionais também poderão aproveitar o novo padrão de qualidade, principalmente streamings de jogos eletrônicos.

Você pode se interessar

TypeScript // Dicionário do Programador
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,808 visualizações
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,808 visualizações

TypeScript // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 18 de março de 2019

TypeScript é o termo falado nesse Dicionário do Programador, conheça mais sobre o assunto.

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/03)
Notícias
11 visualizações
Notícias
11 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (15/03)

Carlos L. A. da Silva - 15 de março de 2019

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

Mega Bate-Papo com o Programador BR (feat. Igor Oliveira) // CDF Entrevista
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,812 visualizações
Vídeos
1,655 compartilhamentos6,812 visualizações

Mega Bate-Papo com o Programador BR (feat. Igor Oliveira) // CDF Entrevista

Thais Cardoso de Mello - 14 de março de 2019

Batemos um papo muito divertido e informativo com o Igor Oliveira (do canal Programador BR).

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

World Wide Web completa 30 anos!
Notícias
13 visualizações
13 visualizações

World Wide Web completa 30 anos!

Carlos L. A. da Silva - 12 de março de 2019
Ada Lovelace: o cérebro que nunca morre
Artigos
134 visualizações1
134 visualizações1

Ada Lovelace: o cérebro que nunca morre

Carlos L. A. da Silva - 12 de março de 2019
Scrum // Dicionário do Programador
Vídeos
15 visualizações
15 visualizações

Scrum // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 11 de março de 2019