0 Compartilhamentos 175 Views

Jogos de mundo aberto para a espera por GTA V no PC (pt.1)

25 de junho de 2014

GTA V é um petardo. Um jogo fenomenal, que vendeu muito bem (merecidamente) e que é capaz de acabar com a vida social de qualquer pessoa. Infelizmente, o título foi lançado inicialmente apenas para Xbox 360 e Playstation 3, mas isto vai mudar ainda este ano, durante a nossa Primavera, pois ele será também lançado para Playstation 4, Xbox One e, claro, PC.

O título é um open-world game, ou jogo de mundo aberto. Jogos de mundo aberto geralmente oferecem ao jogador uma variedade enorme de atividades, além da missão principal, além de muita liberdade. Neles, geralmente podemos perambular por cidades, reinos e ruas, durante horas e horas. São games que oferecem muitas horas de gameplay, muita diversão e muitas possibilidades.

O jogador pode, neles, apenas brincar. Roubar carros e pilotá-los pelas ruas a velocidades alucinantes. Pode, também, observar belos cenários, realizar diversas atividades paralelas ou side-quests. GTA V, o “jogo mais caro já produzido“, conta ainda com um modo online no qual os jogadores podem adquirir e vender propriedades, participar de partidas “mata-mata”, atrapalhar outros jogadores (simplesmente assassinando-os, por exemplo 😉 ) e também entrar em uma série de outras atividades e serviços.

No GTA V Online existem corridas, atividades aquáticas, paraquedismo, e mais uma infinidade de divertidas opções para passarmos o tempo. Trata-se de um modo de jogo que também insere o jogador nas ruas e estradas de Los Santos e Blaine County, porém, com um extra: a presença de milhares e milhares de outros jogadores encarnando personagens com as mais variadas motivações.

Já sabemos que o jogo chega ao PC e aos consoles da geração atual durante o Outono no hemisfério norte. Ele será lançado em alguma data compreendida entre os meses de Setembro a Dezembro de 2014. Um pouco longe, principalmente se considerarmos o quão venerada é a franquia e o quão ansiosos estão os jogadores que foram deixados de fora, não é?

Pois bem, para ajudar você, realizamos uma seleção com alguns jogos de mundo aberto. Alguns títulos para você se divertir, no PC, enquanto aguarda por GTA V, também no PC. Escolhemos games com temáticas variadas, bonitos, interessantes e nos quais você também poderá “perder” horas e horas perambulando pelas ruas, pilotando motos possantes e realizando diversas tarefas.

Consideramos jogos lançados a partir de 2008 (ano de lançamento de GTA IV – também incluso na lista). Aliás, não se esqueça de que muitos dos jogos abaixo podem ser adquiridos por preços convidativos ao extremo, agora mesmo, durante a Summer Sale do Steam.

Vamos lá (lembrando que os jogos estão listados sem obedecer a nenhum critério):

GTA IV

Este título não poderia ser deixado de lado nesta lista, até mesmo porque também é um grande jogo de mundo aberto e antecessor de GTA V. No papel do europeu Niko Bellic, estamos em Liberty City. GTA IV nos insere em um mundo aberto fascinante, e nele também podemos roubar qualquer veículo encontrado nas ruas.

GTA IV

Temos missões primárias e secundárias interessantes e em grande quantidade, e a cidade em si é grande o suficiente para funcionar como um verdadeiro playground para aqueles momentos em que desejamos apenas nos divertir, descompromissadamente.

O protagonista chega a Liberty City e começa a viver com um primo chamado Roman. Este afirma ter conseguindo sucesso. Afirma ter conquistado muito daquilo que pode causar enorme inveja a alguém saído de uma vida não lá muito fácil no Leste Europeu. Rapidamente, porém, Niko se dá conta da verdade. Seu primo está em apuros, e deve dinheiro a agiotas.

Começa então a ação eletrizante de GTA IV, e Niko, que a princípio desejava pura e simplesmente defender seu primo, pouco a pouco começa a agir por conta própria e com outras finalidades. O jogador tem uma quantidade enorme de armas e veículos à disposição. Talvez um dos maiores problemas de GTA IV seja a maneira como ele foi portado para o PC.

Trata-se de um port não lá muito bem feito, e o jogo, infelizmente, é um tanto quanto pesado, chegando a causar problemas de desempenho em PCs cujas configurações suplantam as exigidas. Mas GTA IV é, definitivamente, um grande título de mundo aberto. A história de Niko Bellic e o playground que nos é ofertado através da liberdade em Liberty City certamente é um conjunto que deve ser apreciado pelos amantes de videogames.

Sleeping Dogs

Podemos chamar Sleeping Dogs de “jogo de mundo aberto sob medida”. Ou, quem sabe, de “jogo de mundo aberto na medida certa”. Ocorre que muitas pessoas possuem problemas com este tipo de jogo, os open-world. Com tantas coisas para se fazer, muitas vezes o jogador acaba enjoando e deixando até mesmo a campanha, as missões principais, de lado.

Sleeping Dogs

De tanto brincar à vontade e até mesmo bagunçar nos mundos virtuais criados pelas desenvolvedoras, chega um momento em que certos jogadores simplesmente encostam tais títulos, cansados. Já com Sleeping Dogs, isto é difícil de acontecer. Sua campanha não é grande, isto é, o conjunto formado por suas missões principais, aquelas que nos fornecem o grosso da narrativa, não é longo, e já cheguei a ler relatos de pessoas que finalizaram a campanha em cerca de 15-18 horas.

Sleeping Dogs é um jogo realmente único. Um ótimo trabalho do estúdio canadense United Front Games. Ambientado em uma belíssima Hong Kong (membros da equipe de desenvolvimento foram até a cidade, milhares de fotos foram tiradas, contatos e passeios com nativos foram realizados), temos como protagonista o policial Wei Shen, o qual acaba se infiltrando na máfia local e vivendo uma vida dupla bastante perigosa.

Um dos grandes destaques do jogo é a maneira como Wei começa meio que a “balançar”. O policial disfarçado começa, aos poucos, a sentir afeição por vários membros das gangues. Além disso, outro elemento digno de nota é o sistema de combate do jogo.

Sleeping Dogs não foca nas armas de fogo, mas sim em combates corpo a corpo. Wei é um lutador de Kung Fu, e a arte marcial é utilizada na grande maioria dos combates. O jogador pode aprender novos golpes à medida que vai evoluindo o personagem, gastando os devidos pontos de habilidade na academia de um velho professor do policial.

Os gráficos do jogo são muito bonitos, e Hong Kong brilha mais ainda, lindamente, durante à noite e sob chuvas torrenciais. Atividades extras ajudam o jogador que deseja extrair mais do jogo. Missões “Drug Bust”, por exemplo, exigem que Wei vá até pontos de tráfico, lute contra traficantes e então hackeie uma câmera.

Feito isto, o protagonista deve retornar a seu apartamento, acessar o sistema da polícia e então identificar e ordenar a prisão do fornecedor de drogas. Sleeping Dogs é um ótimo jogo. Um game de mundo aberto que vai te manter preso do início ao fim.

Far Cry 3

Far Cry 3 é um FPS de mundo aberto. Ambientado em um conjunto de ilhas paradisíacas, o título ganhará uma sequência ainda este ano. Desenvolvido pela Ubisoft Montreal e lançado em 2012, o shooter nos coloca na pele de um cara chamado Jason Brody.

Far Cry 3

Um cara que acaba caindo, juntamente com parentes e amigos, nas mãos de piratas liderados por um dos vilões mais malucos dos últimos tempos, chamado Vaas Montenegro (ok, Vaas não é bem o chefão, mas deixemos isto para lá). Jason, no início do jogo, mal sabe empunhar uma pistola (guardadas as devidas ressalvas, claro, pois estamos falando a respeito de um shooter), e seu aprendizado nas “artes da guerra”, bem como o início de sua luta contra os piratas e mercenários, acontece principalmente devido à líder da tribo (rival de Vaas e seu grupo) Rakyat, Citra.

As ilhas Rook nos apresentam cenários de tirar o fôlego. Temos, além disso, fantástica fauna e flora. Animais, por falar nisso, são capazes de nos surpreender quase que a todo instante, caso nos embrenhemos muito no meio do mato. Dragões de Komodo, crocodilos, tigres e ursos podem nos matar rapidamente, caso não tomemos o devido cuidado. Tubarões também aparecem, vez ou outra, caso nos aventuremos no oceano sem um barco.

No game, podemos utilizar inúmeros veículos, desde quadriciclos até jipes, passando por asas-delta, caminhões, jet-skis e barcos de patrulha. Diversas missões secundárias permitem abordagens diferentes, incluindo ação furtiva. Os postos avançados, por exemplo, podem ser tomados no “modo stealth” ou no “modo rambo”, e após finalizado o jogo, todos eles podem ser “resetados”, para que o jogador então tente outras maneiras de abordagem.

O título conta com alguns elementos de RPG, também. Jason possui sua própria árvore de habilidades, e através da aplicação correta dos pontos ganhos durante o gameplay, o jogador pode adequar o personagem ao seu modo de jogo. As habilidades relativas ao manuseio da faca são bastante úteis, aliás, uma vez que a faca é uma arma importantíssima em abordagens stealth, além de permitir a eliminação de alvos em série. Uma grande variedade de armas também pode ser utilizada, incluindo rifles de precisão.

As estradas empoeiradas que ligam um ponto ao outro da ilha (caso você não utilize a viagem rápida) são imperdíveis. Pontes sobre rios sinuosos permitem que visualizemos cenários lindíssimos. Observar a poeira levantada pelos pneus, visualizar jipes inimigos surgindo logo mais adiante e trocar, então, de lugar, assumindo o comando da metralhadora montada no veículo: todos estes são momentos muito legais que você não pode deixar de presenciar.

Isto sem falar nos “passeios” de barco e na própria missão principal, a qual conta inclusive com uma ou duas surpresas capazes de deixar os mais incautos bastante assustados. Far Cry 3 é outro grande game para apreciarmos no PC, enquanto GTA V não chega a esta plataforma.

Assassin’s Creed IV: Black Flag

Este é o primeiro título da famosa franquia da Ubisoft verdadeiramente de mundo aberto. Assassin’s Creed IV: Black Flag, se pensarmos bem, também é o título da série que menos tem a ver com o elemento “Ordem dos Assassinos”. O protagonista se chama Edward Kenway, e ele é avô de Connor (de Assassin’s Creed III).

Assassins Creed IV

A história acontece no Caribe, no início do século 18, e aqui a Ubisoft aprimorou aquilo que começou a desenvolver em AC3: os combates navais. Assim que você obtém acesso ao Gralha, o navio de Kenway, fica difícil sentir vontade de permanecer em terra firme, tão fantásticos são os combates navais, tão belo é o oceano.

Edward Kenway é um protagonista bem diferente, por exemplo, do florentino Ezio Auditore da Firenze. Edward quer mais é beber, saquear e lutar, e talvez devido a isto AC IV tenha sido uma grande lufada de ar fresco na franquia, que passou a contar com lançamentos anuais já há algum tempo.

O jogo conta com vários piratas famosos, como Barba Negra e Charles Vane, por exemplo, e a enorme quantidade de atividades à nossa disposição faz com que seja bem difícil dele enjoar, pelo menos por um bom tempo. Caça às baleias, missões de mergulho, abordagens de navios de diversas bandeiras única e exclusivamente para saques, caçadas a outros navios, tomada de fortes, etc. Chegar em um local, como Nassau, por exemplo, e simplesmente arranjar brigas com os guardas, também é outra das diversões que o jogo permite.

Kenway também pode participar de missões principais ou secundárias em terra firme, claro. O visual é sempre belíssimo (mas as tempestades em alto mar representam algo verdadeiramente surpreendente – ondas enormes quase engolem o navio a todo momento), e o sistema de combate conta com diversas melhorias em relação aos jogos anteriores da série.

O navio pode também receber inúmeros upgrades, e isto é importantíssimo, principalmente se o jogador tiver em mente lutar contra os famosos Man ‘o War ou então contra os perigosíssimos navios lendários. Toda a carga dos saques pode ser vendida nos portos, e o jogo conta também com uma companion app para tablets e smartphones iOS e Android, através da qual também podemos gerenciar nossa frota e enviar navios em missões.

Segredos podem se transformar em alvos temporários, e após marcadas as coordenadas no mapa, persegui-los pode nos conduzir a aventuras ainda maiores e inesperadas. Assassin’s Creed IV: Black Flag é um jogo de mundo aberto com uma parte naval verdadeiramente memorável. Outro grande título a ser considerado durante nossa espera por GTA V para PC.

Watch Dogs

Watch Dogs é a grande aposta da Ubisoft no campo dos open-world games. Uma nova IP que começou com tudo, apesar de problemas de desempenho que têm afetado um grande número de jogadores no PC. Boatos a respeito de um downgrade gráfico começaram a surgir, e o que parece é que a desenvolvedora e publisher francesa tentou “nivelar por baixo”, deixando os gráficos do jogo no PC “menos bonitos” ou no mínimo iguais aos das versões para consoles, principalmente os de última geração.

Watch Dogs

O fato é que um modder encontrou arquivos escondidos que contêm configurações e parâmetros que deixam Watch Dogs muito mais bonito, quando ativados. Algo bem parecido com aquilo que todos vimos durante a E3 2012. Eu mesmo instalei o mod e pude conferir, por mim mesmo, que o tal downgrade é uma realidade.

Mas, independentemente de qualquer coisa, Watch Dogs é um grande jogo. Divertidíssimo e bem diferente de GTA V, apesar de também ser de mundo aberto. O protagonista, Aiden Pearce, é um hacker extremamente talentoso que, através de seu smartphone, consegue interagir com a rede que controla a cidade de Chicago. Trata-se da ctOS, criada pela Blume Corporation, e invadindo seus sistemas, Aiden se transforma em alguém muito poderoso.

Semáforos podem ser fechados e dar origem a terríveis acidentes de trânsito, apagões podem ser iniciados, pontes podem ser erguidas, e até mesmo as contas bancárias dos cidadãos podem ser hackeadas. Várias armas estão à nossa disposição no jogo, e também é grande o número de side-quests e atividades extras.

Podemos até mesmo participar de jogos de azar, na cidade, como o tal “jogo do copo”. Podemos também agir como vigilantes e intervir em crimes em andamento, sendo que nestes casos os benefícios sempre serão maiores caso o criminoso não seja morto.

Watch Dogs também possui um modo online, o qual é integrado, de certa forma, a seu modo offline. Tudo acontece no mesmo universo, na mesma cidade, nas mesmas ruas. Um dos melhores é o “hackeamento online”: aqui, dois jogadores reais se enfrentam. Um no papel do invadido e outro no papel do hacker. Diversas armas estão à disposição tanto de um quanto do outro: dispositivos que interferem nas comunicações, hacks que provocam apagões, etc.

Câmeras de segurança podem ser utilizadas tanto na defesa quanto no ataque, e podemos entrar em prédios com vários andares, a fim de dificultar a detecção (caso estejamos atuando como hackers). Existem outros modos de jogo online, também, incluindo um que se assemelha ao famoso “Team Deathmatch”: duas equipes se enfrentam e trocam tiros enquanto lutam para decodificar um determinado arquivo.

Há também um modo de espionagem, através do qual devemos seguir toda a movimentação do outro jogador sem sermos detectados, e modos de jogo que utilizam a companion app de Watch Dogs. A companion app de Watch Dogs é gratuita e está disponível para iOS e Android, vale lembrar.

Ela permite que até mesmo quem não possui o jogo brinque. Os desafios ctOS mobile funcionam da seguinte forma: um jogador, dentro do game, no PC ou nos consoles, deve pilotar um veículo em alta velocidade e passar por todos os checkpoints.

O outro, na app, deve fazer de tudo para impedir, para causar problemas, fechando semáforos, levantando barreiras, causando engarrafamentos, lançando unidades da polícia contra o oponente, etc. É muito bacana, e quem joga na app controla um helicóptero, sendo que sua luz determina o raio de ação.

Portanto, lançar um SUV da polícia dentro do círculo azul, por exemplo, significa que ele começará a perseguir o oponente, que está jogando Watch Dogs em seu PC ou console. Enfim, se você está no aguardo de GTA V para PC e quer aguardar jogando um título mais recente, vá de Watch Dogs e não se esqueça de instalar o mod que mencionei acima, criado pelo usuário TheWorse, do fórum Guru3D.

Além disso, fique de olho, pois em breve publicaremos a segunda parte desta nossa lista de “Jogos de mundo aberto para a espera por GTA V no PC”.

Você pode se interessar

Como colocar seu jogo no Steam
Dicas
3 visualizações
Dicas
3 visualizações

Como colocar seu jogo no Steam

Carlos L. A. da Silva - 24 de julho de 2019

Vender seu jogo de computador na maior loja virtual do mundo é mais fácil do que você imagina.

De volta aos anos 80!
Artigos
4 visualizações
Artigos
4 visualizações

De volta aos anos 80!

Carlos L. A. da Silva - 22 de julho de 2019

Stranger Things puxou a nostalgia e a Microsoft entrou na brincadeira. Mas como era a tecnologia da informação naquela época?

Promoções de Jogos do Final de Semana (19/07)
Notícias
23 visualizações
Notícias
23 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (19/07)

Carlos L. A. da Silva - 19 de julho de 2019

Confira as melhores ofertas de jogos de PC para o final de semana.

Mais publicações

Como ativar o DNS-over-HTTPS (DoH) no Firefox
Dicas
15 visualizações
15 visualizações

Como ativar o DNS-over-HTTPS (DoH) no Firefox

Carlos L. A. da Silva - 18 de julho de 2019
SEO // Dicionário do Programador
Vídeos
18 visualizações
18 visualizações

SEO // Dicionário do Programador

Thais Cardoso de Mello - 15 de julho de 2019
Promoções de Jogos do Final de Semana (12/07)
Notícias
19 visualizações
19 visualizações

Promoções de Jogos do Final de Semana (12/07)

Carlos L. A. da Silva - 12 de julho de 2019